Picapes seguem em alta este ano

A TARDE Autos avaliou a Fiat Toro em duas versões, conferindo atributos do modelo

Publicado quarta-feira, 12 de janeiro de 2022 às 06:01 h | Atualizado em 11/01/2022, 23:53 | Autor: Núbia Cristina Santos

As picapes estiveram em alta durante todo o ano de 2021 e a tendência aponta para o crescimento de vendas ao longo deste ano. No ranking da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), a Fiat ocupa a primeira e a segunda posição entre os modelos de comerciais leves mais vendidos em 2021. A picape Strada foi o veículo mais vendido no Brasil no ano passado, com 109.110 unidades emplacadas e 5,5% das vendas totais de todas as marcas no mercado brasileiro. Ela obteve 79% de market share no segmento.

Em 2021, a Nova Strada vendeu 109.110 unidades e com 70.890 unidades emplacadas, a Fiat Toro ostentou o segundo lugar entre os modelos de comerciais leves mais vendidos de 2021, no ranking da Fenabrave, ocupando a sétima posição (3,6%) no ranking geral. Ao todo, foram 179.997 unidades de Strada e Toro. Entre os comerciais leves, o 3º lugar em vendas foi da Toyota Hilux, 45.893, o 4º da Chevrolet S10, com 35.045, e o 5º da VW Saveiro, com 26.751 unidades emplacadas, segundo a Fenabrave.

“Em 2022, seguiremos a mesma tendência com os SUVs e as picapes em alta. As montadoras  estão apostando em produtos de maior valor agregado, que geram mais lucratividade porque precisam se rentabilizar”, afirma o economista Raphael Galante, que trabalha no setor automotivo há mais de 20 anos e atua como consultor na Oikonomia Consultoria Automotiva. Somado a isso, as picapes se adaptam bem em áreas urbanas ou rurais. “E vêm ganhando melhorias importantes, como maior espaço na cabine, mais conforto para os ocupantes, e boa oferta de tecnologia a bordo”. 

O sócio da MRD Consulting, Flávio Padovan, concorda. “As picapes pequenas são ágeis nas áreas urbanas e atendem aos consumidores que buscam um carro para trabalho, isso porque modelos como Fiat Strada e VW Saveiro vêm ganhando melhorias importantes” reflete Padovan.

Toro Ultra turbo diesel AT9 4x4: versão topo de gama
Toro Ultra turbo diesel AT9 4x4: versão topo de gama |  Foto: Divulgação
 

Avaliação

A Tarde Autos acelerou a Fiat Toro em duas versões, para conferir os atributos da picape e entender porque esse modelo tem sido tão utilizado para o trabalho e lazer, em trajetos curtos ou viagens. Testamos a versão topo de gama da Nova Toro Volcano 1.3 turbo (T270) flex AT6 (câmbio automático de 6 marchas), com pacote ultra tecnológico (R$ 160.790,00, mais o custo do kit conectividade, R$ 5.700,00). Avaliamos ainda a Toro Ultra 4x4 2022, versão top de linha (R$ 205.390,00). 

Em abril do ano passado, a Fiat fez a mais importante atualização na sua picape média, desde o lançamento, em 2016. Uma das principais novidades foi a estréia do potente motor turbo flex. São 185 cavalos e 270 Nm de torque com etanol. A capacidade na caçamba foi de 650 kg para 670 kg com o novo motor. Na versão testada, o consumo na estrada ficou em 9,3 km/l.

É um prazer dirigir uma picape que acomoda bem cinco pessoas, entregando robustez e capacidade de carga e ainda os atributos de um SUV - conforto e facilidades tecnológicas. A Fiat acertou, em 2016, ao lançar, com a Toro, o conceito de Sport Utility Pick-up (SUP) – que agrega tudo isso. E essa peculiaridade explica o sucesso de vendas do modelo. 

A Toro Volcano mandou bem em todos os desafios do conturbado trânsito de Salvador. Uma cidade cortada por ladeiras e por obras em toda a parte, que criaram obstáculos a mais. Em dias de chuvas e alagamentos, a Toro manteve a boa performance, aumentando a sensação de segurança.

Nesse quesito vale ressaltar a importância do Sistema Avançado de Assistência ao Condutor (ADAS), com frenagem autônoma de emergência, aviso de mudança de faixa e comutação automática dos faróis. Há ainda faróis Full LED, sistema de iluminação frontal 100% em LED que melhora em 30% a performance dos faróis, e Cluster Full Digital 7’’.   

A Toro Volcano é boa companheira de viagem e, seja pelo conforto ou pela conectividade, agrada motoristas e caronas. A picape tem total interação com o smartphone, smartwatch e ou mesmo com a assistente pessoal Alexa, da Amazon. Detalhe: a nova central multimídia de até 10,1” é posicionada na vertical. 

Toyota Hilux: 3º lugar em vendas, com 45.893 unidades
Toyota Hilux: 3º lugar em vendas, com 45.893 unidades |  Foto: Divulgação
 

Fora de estrada

A Toro Ultra turbo diesel AT9 (câmbio automático de 9 marchas) 4x4 é a versão fora de estrada que atende as necessidades de quem dirige longe do asfalto e ao mesmo quer conforto, design e tecnologia embarcada. Essa versão 2022 topo de gama tem pacote completo e chama atenção por onde passa. 

Alguns itens valem a pena mencionar: central multimídia de 10,1”, grade frontal diferenciada, santantonio integrado, estribo preto, para-barro, rodas de liga leve de 17” + pneus AT plus, assentos de couro com acabamento específico (vermelho), acabamentos interiores escurecidos e o ADAS (Sistema Avançado de Assistência ao Condutor: AEB (frenagem autônoma de emergência)/ LDW (aviso de mudança de faixa)/ AHB (comutação automática dos faróis).

O desempenho da Toro Ultra 4x4 Diesel é exemplar. O motor 2.0 turbo diesel de 170 cv responde bem com o câmbio automático de 9 marchas. Tem boa desenvoltura nas acelerações, retomadas e ultrapassagens. Na estrada, sua autonomia oficial é de 9,9 km/l. 

A Fiat investiu na atualização da Toro em 2021, tornando-a ainda mais competitiva perante a concorrência. Seja com tração 4x2 ou 4x4, a picape média atende a muitas necessidades para quem dirige na estrada ou fora dela.

Picapes mais vendidas de 2021

1. Fiat Strada  109.107 unidades

2. Fiat Toro  70.890 unidades

3. Toyota Hilux  45.893 unidades

4. Chevrolet S10  35.045 unidades

5. Volkswagen Saveiro 26.751 unidades

6. Ford Ranger   20.499 unidades

7. Mitsubishi L200 Triton 13.157 unidades

Publicações relacionadas