Advogado se defende após denúncia de ataques machistas à advogada Ana Patrícia Dantas

Publicado segunda-feira, 29 de novembro de 2021 às 11:08 h | Atualizado em 29/11/2021, 11:18 | Autor: Da Redação

O advogado Fred Andrade esclareceu uma postagem no Instagram em que publicou a imagem do Comitê Político da chapa 52 das eleições à presidência da OAB/BA (Ordem dos Advogados), localizado no Rio Vermelho, com a mensagem “Not dead yet” (não morreu ainda, em inglês), seguida de emoji (figura) de uma faca. “Não houve, nem de longe, comunicação direcionada à pessoa de Ana Patrícia”, disse Fred Andrade.

Segundo a Ana Patrícia Dantas, Fred Andrade teria postado a foto em represália a um processo familiar que envolveu os dois no passado. A imagem foi compartilhada no perfil pessoal de Fred, na última quarta-feira, 24.

Num grupo do aplicativo de mensagens Whatsapp, Andrade haveria escrito que “Nem de longe a expressão “not dead yet” teve direcionamento pessoal a você, Ana Patrícia, ou a Carlos Tourinho. [...] A foto foi a do Comitê Político, alertando que os adversários (políticos) não estavam mortos (num sentido obviamente figurado)”, comentou o advogado em grupo de WhatsApp do qual Ana Patrícia faz parte.

A advogada foi alvo de comentários machistas durante as eleições. Em seu perfil na rede social, Dantas explica que esteve num processo familiar em que advogado foi parte, e que já findou há anos.  No último sábado, a ex-candidata à presidência da OAB/BA apontou comportamento misógino na publicação de Fred.

“Você me acusa de ter feito aquilo que outras pessoas efetivamente fizeram com você na pós-campanha, alterando levianamente o sentido da minha postagem para encaixá-la num contexto de misoginia e de machismo de que você foi vítima, mas que não me pode ser imputado, em absoluto”, declarou Fred Andrade no grupo do Whatsapp.

Publicações relacionadas