adblock ativo

Analistas-tributários da Receita paralisam trabalho na Bahia

Publicado terça-feira, 11 de agosto de 2015 às 17:16 h | Atualizado em 11/08/2015, 17:16 | Autor: Da Redação
Sede da Receita Federal
Sede da Receita Federal -
adblock ativo

Os analistas-tributários da Receita Federal na Bahia mantêm nesta terça-feira, 11, pelo segundo dia consecutivo, a paralisação de 72 horas. A categoria aderiu ao movimento nacional.

Os servidores protestam contra o que eles consideram um "tratamento diferenciado" entre os funcionários da carreira de auditoria. De acordo com Claudemir Anjos, diretor do sindicato da categoria na Bahia (Sindireceita), a Receita Federal recomendou a aprovação de um destaque da Proposta de Emenda Complementar (PEC) 443, que prevê que o auditor deve receber 90,25% do subsídio do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), mas não faz referência a função de analista-tributário.

"Existe outra PEC, a 391, que contempla toda a carreira de auditoria, incluindo auditor e analista-tributário. A Receita deveria trabalhar para aprovação dessa PEC, já que trata de todos os servidores da carreira", defende Claudemir.

O texto do destaque da PEC 443 está na pauta para ser votado nesta terça na Câmara dos Deputados. Claudemir disse que o rumo do movimento depende do resultado desse pleito.

Bahia

A paralisação atinge os serviços que dependem dos analistas-tributários, como emissão de certidões negativas, fiscalização, vigilância e repressão nos portos, aeroportos e postos de fronteira.

adblock ativo

Publicações relacionadas