adblock ativo

Casal suspeito de matar taxista em Piatã será julgado

Publicado quarta-feira, 20 de março de 2013 às 22:39 h | Atualizado em 22/01/2021, 00:00 | Autor: Adalton dos Anjos
Taxi foi encontrado horas depois do assassinato de Manoel Francisco dos Santos
Taxi foi encontrado horas depois do assassinato de Manoel Francisco dos Santos -
adblock ativo

No próximo dia 26 de março, o jovem Marcos Antônio Mota Evangelista, de 21 anos, e Amanda Carvalho de Meneses, 19, serão julgados pelo assassinato a facadas do taxista Manoel Francisco dos Santos, 74, em 10 de janeiro de 2012, no bairro de Piatã, em Salvador. O julgamento acontecerá no Fórum Ulisses Guimarães, no bairro de Sussuarana, às 10h.

A viúva Jaciara Brito dos Santos,  57, diz que estará presente no julgamento junto com os familiares e está mobilizando colegas do taxista para irem ao Fórum na próxima terça. "Esperamos que ele seja julgado e preso imediatamente para que outros não sofram como nós", afirma a cabeleireira.

No dia 10 de janeiro de 2012, o taxista de 74 anos foi assassinado a facadas enquanto trabalhava. "Pedi muito para ele vender o táxi, mas ele adorava o trabalho. Já estava aposentado, mas gostava de trabalhar e se reunir com o grupo de colegas", afirma Jaciara.

O veículo foi levado e achado horas depois em Patamares. Duas semanas após o crime, a Polícia Civil encontrou os autores do assassinato. O casal, Marcos e Amanda, foi preso em Cachoeira (distante a 100 km da capital).

Os réus, que confessaram o crime, foram soltos em julho de 2012, segundo informações do Tribunal de Justiça, e esperam em liberdade o julgamento do próximo dia 26. Eles são acusados pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte). Ainda segundo o TJ, Amanda está envolvida em outro processo da 15ª Vara Criminal, em Salvador, relacionado ao Crime do Sistema Nacional de Armas.

adblock ativo

Publicações relacionadas