adblock ativo

Comerciantes de Itapuã serão realocados durante obras

Publicado quarta-feira, 16 de julho de 2014 às 11:18 h | Atualizado em 21/01/2021, 00:00 | Autor: Da Redação
Projeto da nova orla de Itapuã
Projeto da nova orla de Itapuã -
adblock ativo

Durante as obras de requalificação de Itapuã, com a construção de novas barracas, os comerciantes locais serão realocados pela prefeitura para outros espaços da região.

Os primeiros quiosques foram demolidos na manhã desta terça-feira, 15. A operação foi realizada por 30 agentes da Semop, além de guardas municipais e policiais militares.

Os comerciantes considerados de menor porte, como as baianas de acarajé, podem indicar aos agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) os locais para onde desejam ser remanejados. Estas áreas serão avaliadas e, caso não afetem a mobilidade da região, liberadas para a atuação dos trabalhadores.

Já os donos de restaurantes e lanchonetes, que necessitam de estruturas maiores e mais organizadas, terão de esperar o término das obras, previstas para dezembro deste ano, segundo informações da secretária de Ordem Pública, Rosemma Maluf.

O projeto de requalificação prevê a reestruturação dos passeios, alvenarias e ciclofaixa, além da construção de oito boxes grandes - que ocupam áreas de 30, 50 ou 100 metros quadrados - e 14 menores, que medem 5 ou 10 metros quadrados, distribuídos entre diferentes atividades comerciais.

Segundo a prefeitura, serão investidos R$9,3 milhões nas obras de requalificação da orla de Itapuã, abrangendo uma área com cerca de 30 mil metros quadrados, da Sereia até o Largo das Baianas.

Ciclovia, espaço para roda de capoeira, convivência de pescadores e apresentações culturais, pista tátil para pessoas com deficiência - inclusive com acesso à praia -, quiosques para venda de bebidas e comidas e equipamentos exclusivos para baianas de acarajé são algumas das mudanças que chegarão ao local.

adblock ativo

Publicações relacionadas