adblock ativo

Funcionários do Hospital São Jorge protestam contra "privatização"

Publicado quarta-feira, 13 de maio de 2009 às 15:11 h | Atualizado em 13/05/2009, 15:11 | Autor: Flávio Costa | A TARDE*
adblock ativo

Funcionários do Hospital São Jorge fizeram um protesto na manhã desta quarta-feira, 13, contra ao que eles chama de "privatização" do hospital. A unidade será fechada para reforma e depois passará a ser administrada pelas Obras Sociais Irmã Dulce (Osid). A primeira etapa das obras no prédio ainda não tem data prevista para acontecer, mas vai fechar 80% da unidade de saúde. Apenas o núcleo de atendimento de emergência continuará funcionando.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) e a Osid não divulgaram o que acontecerá com os 700 funcionários que trabalham no local. O secretário de saúde, Jorge Solla, agendou uma entrevista coletiva para esta quinta-feira, 14, para explicar como será essa transição. Até o momento, a Sesab e Osid não divulgaram os valores do contrato. A reforma no hospital tem previsão de terminar em 2011 e será feita em três etapas.

O protesto desta quarta teve a participação do Sindicato dos Servidores de Saúde da Bahia (Sindsaúde) e do Sindicato dos Médicos da Bahia (Sindmed).

*Com redação de Paula Pitta | A TARDE On Line

adblock ativo

Publicações relacionadas