adblock ativo

Martagão celebra 50 anos de luta contra mortalidade infantil

Publicado domingo, 15 de março de 2015 às 08:27 h | Atualizado em 14/03/2015, 16:17 | Autor: Ludmila Silveira
Crianças pacientes do Hospital Martagão Gesteira
Crianças pacientes do Hospital Martagão Gesteira -
adblock ativo

Pioneiro na luta contra a mortalidade infantil no país, o Hospital Martagão Gesteira comemora 50 anos no dia 17 deste mês. Para celebrar a data, será realizada uma solenidade,  às 10h da próxima terça-feira, 17, na sede do Tororó. O evento contará com uma série de ações comemorativas  pelo cinquentenário da instituição.

Uma das ações será a assinatura do Memorando de Entendimentos (MOU). Trata-se de uma parceria entre a Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (mantenedora do Martagão) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), da ONU.

"Esta é uma oportunidade de fortalecer uma instituição reconhecida nacionalmente, fomentando as atividades desenvolvidas por meio da troca de informações e estudos", afirma o representante do Pnud no Brasil, Frederico Lacerda.

Para o presidente da Liga, Durval Olivieri, o cinquentenário do hospital representa a credibilização do trabalho desenvolvido.

"A história do Martagão está relacionada à história da pediatria no Brasil. O hospital foi uma demanda da população baiana, por volta de 1946. Faltava atendimento pediátrico especializado. Em 1965,  foi fundado o hospital, e tamanho foi o reconhecimento que passamos a  receber pacientes de outros estados", conta.

Olivieri acrescenta que este é o momento de pensar em melhorias para que o hospital ofereça um serviço de qualidade.

"Nosso foco é aprimorar o serviço dos profissionais. A meta é que nos tornemos um dos melhores hospitais pediátricos do mundo. Para isso, é necessário requalificar a estrutura, capacitar nossas equipes e ampliar nossas instalações", diz.

Cria

Na ocasião, ocorrerá também a inauguração do Conselho Internacional da Criança (Cria) - órgão de relacionamentos institucionais da Liga Álvaro Bahia com entidades nacionais e internacionais.

O conselho é composto por profissionais de assistência físico-psíquico-social da criança, a fim de promover o intercâmbio de informações. O Cria funcionará na casa da Escola de Puericultura (órgão da Liga), na esquina do Campo Grande com o Corredor da Vitória.

adblock ativo

Publicações relacionadas