adblock ativo

Moradores fazem “aniversário” de buraco aberto há três anos em Paripe

Publicado às | Atualizado em 14/10/2021, 15:30 | Autor: Da Redação
O buraco está localizado na rua Eduardo Dotto | Foto: Reprodução | Paripe Net
O buraco está localizado na rua Eduardo Dotto | Foto: Reprodução | Paripe Net -
adblock ativo

Moradores do Subúrbio Ferroviário de Salvador fizeram um bolo de aniversário para protestar contra um buraco que completa três anos aberto no bairro de Paripe. Nas redes sociais, a foto de um bolo com as imagens do governador Rui Costa e do prefeito Bruno Reis e os nomes da Embasa, Governo do Estado e Prefeitura de Salvador, com direito a vela e tudo, viralizou. Além disso, um grupo também se juntou para cantar parabéns para o buraco.

O buraco está localizado na Rua Eduardo Dotto. Nos comentários, os internautas “parabenizaram” o buraco e criticaram os órgão públicos. “Parabéns Buraco de PARIPE.....Vc vem causando muito mal a saúde dos moradores. Com muito mal cheiro, congestionamento no trânsito e servindo de moradia para animais peçonhentos (ratos, baratas e mosquitos da dengue)”, escreveu um perfil.

Imagem ilustrativa da imagem Moradores fazem “aniversário” de buraco aberto há três anos em Paripe
Buraco completou três anos de aberto | Foto: Reprodução | Paripe Net

Ainda nos comentários, o perfil da Prefeitura de Salvador, uma das “homenageadas” no bolo, rebateu as acusações de descaso, afirmando que a obra é de responsabilidade da Embasa.

“Essa obra é uma responsabilidade da Embasa, empresa que deve ser regulado pelo governo do estado. É necessário continuar cobrando os responsáveis reais dessa obra. Vamos seguir fazendo a parte da Prefeitura e acionando as medidas cabíveis”, garantiu o órgão.

A Embasa também respondeu a postagem e disse que uma nova licitação para a obra de reparo da tubulação será lançada nos próximos dias. Segundo a empresa, a demora se deu devido a complexidade da tubulação de esgoto.

“Nas licitações anteriores, não foi possível contratar uma empresa com capacidade para realizar esse serviço, que é de grande complexidade, já que se trata de uma tubulação de esgoto de grande porte, a seis metros de profundidade, o que exige uma empresa especializada. Na tentativa de amenizar os transtornos, a Embasa vem adotando medidas como a redução da altura dos tapumes de proteção e reforço na sinalização e iluminação do local”, afirmou.

adblock ativo

Publicações relacionadas