Mulher é presa acusada de cárcere privado e abandono de incapaz

Publicado quarta-feira, 01 de dezembro de 2021 às 08:11 h | Atualizado em 01/12/2021, 08:22 | Autor: Da Redação

Uma mulher, que não teve sua identidade revelada, foi presa na tarde dessa terça-feira, 30, pelos crimes de cárcere privado, abandono de incapaz e abandono moral, no bairro de Brotas, em Salvador.

De acordo com a Delegacia Especializada de Repressão à Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), ela foi autuada em flagrante na localidade da Polêmica após uma ação conjunta entre a 26ª Companhia Independente de Polícia Militar (26ª CIPM) e agentes de uma ONG de proteção à criança, que resultou no resgate de uma adolescente de 13 anos e um bebê de 9 meses mantidos em cativeiro.

“Em depoimento, a menina explicou que era agredida fisicamente e psicologicamente. Ao saber do ocorrido, a mãe tentou coagir a filha e prendemos ela em flagrante.”, explicou a delegada Simone Moutinho, titular do Dercca.

Segundo as autoridades, as crianças estavam abandonadas há cinco dias, trancadas e sem comida. O bebê, que não tem nenhum grau de parentesco com a adolescente e a mulher, foi socorrido e encaminhado para a UPA de Brotas com sinais de desnutrição e desidratação.

“Ele foi encontrado com a genitália lesionada e está internado. Estamos tentando identificar quem são os responsáveis legais pelo recém nascido. Já a garota, será encaminhada para um abrigo.”, relatou a delegada.

A prisão preventiva da mulher foi solicitada. Ela segue sob custódia da Polícia Civil e está à disposição do Poder Judiciário.

Publicações relacionadas