Populares aproveitam promoções da Black Friday em Salvador

Publicado sexta-feira, 26 de novembro de 2021 às 09:07 h | Atualizado em 26/11/2021, 11:01 | Autor: Lucas Franco

Embora a Black Friday também tenha grande repercussão na internet, onde promoções começaram durante a semana, nos shoppings de Salvador a promoção fez com que os consumidores chegassem aos shoppings da cidade já às 6h.

Lucas Santana, 28 anos, chegou no Shopping da Bahia às 6h para aproveitar as promoções e garantir sua TV nova. De acordo com ele, a compra presencial garante uma oportunidade de encontrar uma opção melhor do que a compra online. "Aqui você vê o que tá comprando, pesquisa e fica atento aos valores para não acabar saindo comprando sem um preço que valha", pontuou.

Ainda de acordo com Lucas, os protocolos sanitários para realizar o evento durante a pandemia tem sido respeitados e o controle para o acesso dos populares às dependências do Shopping foram rigorosos.

"Tá tendo cuidado. As pessoas estão usando máscara, o controle tá bem rigoroso e por enquanto tá vazio, tranquilo. Mais tarde deverá encher", disse. No entanto, a reportagem do portal A Tarde esteve no mesmo shopping em que Lucas realizou a sua compra e constatou que não houve aferição de temperatura nem na entrada do shopping, nem nas lojas, não houve álcool 70 disponibilizado por funcionários das lojas para os clientes, além de não ter tido controle de distanciamento nas filas, como em momentos anteriores da pandemia.

Uma loja de eletrodomésticos no Shopping da Bahia vendeu, das 6h às 8h desta sexta-feira, 26, mais de 20 televisões. “Quando abriu, foi vendendo uma atrás da outra, as pessoas já foram na TV certinho”, disse a promotora de vendas da loja, Eloísa Andrade. De acordo com ela, a Black Friday é a melhor data do ano. “É a expectativa geral de todo comércio, ajuda muito a economia”.

A grande movimentação do comércio, para Eloísa, traz sentimentos diferentes, mas a mesma se sente contente com os resultados e esperançosa com o futuro. “A volta [do comércio], ao mesmo tempo que é maravilhosa, é assustadora, porque o vírus está solto”.

No entanto, não é só de eletrodomésticos que vive a Black Friday. Grávida de oito meses, a profissional de saúde Priscila da Silva, de 25 anos, preferiu investir em compras para seu bebê. “Esse ano eu estou voltada mais para a parte infantil, fralda, banheiro, essas coisas”, disse a futura mãe, que enxerga as compras em shopping como mais baratas do que em sites. “Eu venho pesquisando quinze dias antes. No ano passado eu fiz a mesma coisa, quando estava interessada em eletrodomésticos. Mas muitas coisas eles dizem que abaixaram o preço, mas não é verdade, os preços são mantidos”, alega Priscila.

Publicações relacionadas