Salvador terá ação na Barra em homenagem às vítima no trânsito

Publicado quarta-feira, 24 de novembro de 2021 às 20:46 h | Atualizado em 06/12/2021, 15:42 | Autor: Da Redação

A prefeitura de Salvador realizará nesta quinta-feira, 25, uma ação com o objetivo de lembrar o Dia Mundial em Memória às Vítimas do Trânsito. Em parceria com a Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária, será instalado um painel no no largo do Farol da Barra, a partir das 9h30, para homenagear milhões de mortos e feridos nas vias do mundo.

De acordo com a Secretaria de Comunicação da capital (Secom-PMS), o evento contará com as presenças do superintendente de trânsito da capital, Marcus Passos, da gerente de Educação para o trânsito da Transalvador, Mirian Bastos, do representante da Bloomberg em Salvador, Fernando Pinto Coelho, e autoridades locais.

O painel terá estampado o número de vítimas fatais no trânsito de Salvador no ano de 2020 e deve ficar no local até o fim do ano. No ano passado, estima-se que 130 pessoas morreram em acidentes no trânsito de Salvador, além de outros dados que serão revelados no evento. O tema da ação deste ano é “Há sonhos perdidos por trás dos números”.

A ação é realizada na capital baiana pela segunda vez. Em 2020, uma obra artística foi instalada na Barra em alusão à data. Além de Salvador, as cidades de Recife (PE), Quito e Guayaquil (Equador), Guadalajara (México), Bogotá e Cali (Colômbia), além de cidades na África e Ásia que também fazem parte da Iniciativa Bloomberg.

Mesmo com os números apresentados, Salvador tem reduzido significativamente o índice de sinistros de trânsito. Em maio deste ano, a capital se destacou como uma das cidades do mundo que superaram a meta da Organização das Nações Unidades (ONU) para redução de 50% de mortes no trânsito na última década.

Salvador também se tornou a primeira cidade do Brasil a assinar uma carta de compromisso com a ONU, com o objetivo de reduzir em 50% o número de mortes no trânsito, até 2030. Para atingir a nova meta, a cidade investe em ações de fiscalização, educação para o trânsito e realizando intervenções à segurança viária, como o projeto Zona 30.

Publicações relacionadas