Salvador terá nova estratégia de vacinação contra a Covid-19 neste fim de semana

Publicado sexta-feira, 03 de dezembro de 2021 às 09:32 h | Atualizado em 03/12/2021, 09:34 | Autor: Da Redação

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM/UB), apresentou na manhã desta sexta, 3, em coletiva no Largo do Bonfim, a nova estratégia de vacinação que será seguida na capital baiana para induzir as mais de 50 mil pessoas em atraso no esquema vacinal a se imunizarem diante do temor de uma nova variante do Covid-19, a ômicron.

Pontos de vacinação serão instalados com a presença de equipes volantes em locais de grande movimentação da cidade. Ao todo serão 15 pontos de vacinação novos.

No sábado, 4, a estratégia funciona em locais como quatro Shoppings - Barra (fixo), Shopping da Bahia (fixo), Itaigara (fixo) e Bela Vista (drive) -, assim como em duas estações estações de transbordo, Lapa e Mussurunga.

A Feira de São Joaquim, o Aeroporto Internacional de Salvador, que irá oferecer testes de antígeno para Covid-19 nos dois dias, e o Terminal Rodoviário também receberão novos pontos.

Já no domingo, 5, instituições religiosas como as Igrejas do Bonfim, Nossa Senhora do Ó, Conceição da Praia, Assunção, Nossa Senhora Aparecida e Igreja Universal funcionarão como pontos. O aeroporto e a rodoviária também estarão incluídos no esquema dominical.

No momento, 25.389 cadastrados no sistema da SMS entre 12 e 17 anos não tomaram a 1ª dose, e 26.900 acima dos 18 anos. Os atrasados para a 2ª dose somam 222.597 mil. Já os que não compareceram para a dose de reforço são 130.597 mil.

Público-alvo

Para atingir o máximo possível de pessoas que não iniciaram ou que estão atrasadas no esquema vacinal, a prefeitura decidiu ampliar os requisitos e o público-alvo para a estratégia.

Quem quiser se vacinar não precisará mais do nome no site da Secretaria Municipal de Saúde, assim como pessoas de outras cidades do estado também estarão liberadas para a imunização.

No sábado, 4, a 1ª dose será aplicada para pessoas com 12 anos ou mais e para adolescentes com comorbidades, gestantes e puérperas com idade entre 12 e 17 anos. A 2ª dose será para os que tem aprazamento até dia 04/12 para a CoronaVac e até o dia 03/01 para os que tomaram Oxford e Pfizer. A 3ª dose será para pessoas com mais de 18 anos ou mais que tomaram a 2ª dose até o dia 06/07.

No domingo, 5, a 1ª dose será aplicada para pessoas com 12 anos ou mais e para adolescentes com comorbidades, gestantes e puérperas com idade entre 12 e 17 anos. A 2ª dose será para os que tem aprazamento até dia 05/12 para a CoronaVac e até o dia 04/01 para os que tomaram Oxford e Pfizer. A 3ª dose será para pessoas com mais de 18 anos ou mais que tomaram a 2ª dose até o dia 07/07.

Para ser vacinado, é importante levar original e cópia do documento de identidade, carteira nacional de vacinação digital (ConectSUS), cartão de vacina e um comprovante de residência da cidade onde vive.

Publicações relacionadas