Três novas bases do Samu são inauguradas em Salvador

Publicado quarta-feira, 17 de março de 2021 às 15:40 h | Atualizado em 17/03/2021, 16:12 | Autor: Da Redação

Três novas bases de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram inauguradas nesta quarta-feira, 17, na Arena Fonte Nova, no Hospital Salvador (na Federação), e no Pronto Atendimento (PA) Alfredo Bureau (Marback), pelo prefeito de Salvador, Bruno Reis. Além disso, aparelhos de ultrassonografia foram instalados em 12 ambulâncias para acelerar o tratamento de pacientes em casos mais graves.

"Em média, o Samu leva de 15 a 20 minutos para dar o apoio quando requisitado. Salvador agora sai de 14 bases do serviço para 17”, explicou o gestor.

A estrutura da Arena Fonte Nova contará com três ambulâncias. Uma é de suporte avançado para as ocorrências mais graves, sendo equipada com Unidade de Terapia Intensiva (UTI) móvel e tendo disponível enfermeiro, médico e o condutor. Os outros dois veículos são para atender os casos de menor gravidade, sendo tripulados por um técnico de enfermagem e um condutor.

Já a base que fica no Hospital Salvador tem uma ambulância avançada e outra básica, enquanto que o PA Alfredo Bureau dispõe de duas ambulâncias básicas.

Atualmente, Salvador conta com 85 veículos em circulação, sendo 70 distribuídas nas bases e 15 atuando no transporte de pacientes entre as UPAs.

Na ocasião, Bruno Reis afirmou que profissionais, tanto condutores, como médicos e socorristas, seguem sendo contratados.

Ultrassom 

Ainda nesta quarta-feira, 17, também foram entregues 12 equipamentos de ultrassonografia que foram adquiridos para o Samu. Os aparelhos vão funcionar em 12 ambulâncias avançadas e permitirão a realização do exame de imagem do paciente ainda no veículo.

“Quando essas ambulâncias forem buscar um paciente com suspeita de Covid-19, por exemplo, será possível a realização de exame durante o deslocamento para verificar se há comprometimento pulmonar. Os aparelhos também servirão para outras ocorrências que temos, como acidente de trânsito, que provoca hemorragias internas. Vai dar para identificar o órgão que estiver com sangramento ainda no encaminhamento ao hospital”, explicou Bruno Reis.

Cenário Covid-19

Na manhã de hoje, 17, 32 pacientes estavam aguardando regulação nas unidades de urgência e emergência. Nas últimas 24h, 87 pessoas foram transferidas para hospitais que são referência no tratamento ao coronavírus. Também seguem em alta a ocupação de leitos de UTI, com taxa de 87%.

Publicações relacionadas