adblock ativo

Trezena de Santo Antônio será exibida na internet

Publicado sexta-feira, 01 de junho de 2012 às 08:28 h | Atualizado em 22/01/2021, 00:00 | Autor: Da Redação
adblock ativo

Os festejos em homenagem a Santo Antônio abrem o mês de junho e as famosas trezenas movimentam paróquias e comunidades a partir desta sexta-feira (1º) até o dia 13 de junho, em Salvador. Serão 13 dias de celebração, que terminam na data dedicada ao santo casamenteiro e padroeiro dos pobres.

Este ano, as comemorações da Comunidade do Convento de São Francisco, no Pelourinho, que acontecem às 18h, poderão ser acompanhadas pela internet no site Web Rádio Santo Antônio (www.webradiosantoantonio.org).

Na Arquidiocese de Salvador programações especiais foram preparadas nas paróquias e comunidade em que o santo é patrono.

| Confira as programações mais tradicionais |

Igreja Matriz - Com o tema "Sob o olhar de Santo Antônio, caminhamos com Jesus", a paróquia Santo Antônio Além do Carmo e a Irmandade do Santíssimo Sacramento celebram a festa do padroeiro dos pobres. A Trezena acontece na igreja Matriz (largo de Santo Antônio, s/n, Santo Antônio, tel.: 3242-6463), sempre às 20h. No dia 13, os festejos começam às 6h, com a alvorada festiva seguida da missa paroquial às 7h. Ao longo de todo o dia serão realizadas missas e momentos de oração; às 18h, os fiéis participam de procissão pelas principais ruas dos bairros Santo Antônio e Barbalho. Uma missa campal presidida pelo Bispo Auxiliar Dom Gilson Andrade da Silva encerra as comemorações.

Paróquia Santo Antônio - Já a paróquia, no bairro de Cosme de Farias, baseia suas reflexões no tema "Santo Antônio, discípulo missionário e promotor da saúde", escolhido em função da Campanha da Fraternidade de 2012. As celebrações acontecem sempre na igreja Matriz às 19h30, exceto no dia 10, que será às 18h. O dia 13 de junho é marcado pela alvorada às 5h e por celebrações eucarísticas. Às 19h, todos os devotos e fiéis participam da procissão, saindo do posto de saúde do bairro em direção à igreja. A festa se encerra com a missa solene às 20h.

Igreja Santo Antônio - No bairro de Fazenda Coutos, a Trezena em louvor ao santo padroeiro acontece na igreja Matriz (3ª Etapa, Quadra 76, Rua D, Fazenda Coutos III. Tel.: 3521-2745), sempre às 19h, e tem como tema principal Com o exemplo de Santo Antônio podemos cultivar e promover a saúde e a vida. No dia festivo, 13 de junho, haverá uma procissão às 17h, com concentração na Matriz, seguida de missa festiva, às 18h.

Santuário Santo Antônio da Barra - No Santuário, na Ladeira da Barra (Tel: 71 3013-3117), a programação da Trezena será sempre a partir das 18h30 com a coroa de Santo Antônio seguida da missa. No domingo, 10 de junho, a comunidade ainda participa da carreata, às 9h saindo da igreja até o Farol da Barra e a tarde, às 17h, de uma procissão que parte do Farol da Barra em direção à igreja. No dia festivo haverá missa às 6h, 7h30, 9h, 10h30, 12h, 14h, 15h, 16h30, 18h e 19h30.

Igreja Nossa Senhora da Imaculada Mãe de Deus - Na Igreja Nossa Senhora da Imaculada Mãe de Deus (Avenida Senhor do Bonfim, 161 – Roma – Tel.: (71) 3310-1263) os devotos de Santo Antônio participam da Trezena, sempre às 16h, com exceção dos dias 3 e 10 de junho, quando os fiéis se reúnem às 16h30 e do dia 5 de junho, às 8h30. No dia festivo, 13, haverá celebração às 8h30 e às 12h. A missa festiva será presidida pelo Bispo Auxiliar Dom Gilson Andrade da Silva, às 16h. Já às 17h será realizada uma procissão com a imagem do santo.

Comunidade Franciscana da Bahia e a Pia União de Santo Antônio - Também promovem a Trezena em honra a Santo Antônio. As celebrações acontecerão sempre às 18h na Igreja do Convento São Francisco, no Pelourinho (Tel. 71 3322-6430). No dia 12 haverá um baile por ocasião do dia dos namorados. Já no dia 13, haverá Missa às 7h, 8h, 10h e 16h – seguida de Procissão pelas ruas do Pelourinho. Este ano a trezena poderá ser acompanhada pela Web Rádio Santo Antônio (www.webradiosantoantonio.org).

Santo Antônio - Além de casamenteiro, Santo Antônio também é conhecido como o Pai dos Pobres. Sua popularidade chegou ao Brasil graças aos colonizadores que vieram de Portugal, país no qual Santo Antônio, nascido em Lisboa no ano de 1195, foi cônego regular.

adblock ativo

Publicações relacionadas