Trio é preso por suspeita de aplicar golpes de mais de R$ 600 mil

Publicado sexta-feira, 02 de outubro de 2020 às 15:58 h | Atualizado em 02/10/2020, 16:01 | Autor: Da Redação

Um grupo de três pessoas foi preso por seres suspeitos de de utilizarem documentos de servidores públicos para adquirirem empréstimos bancários. Um foi encontrado na quinta-feira, 1º, e mais dois nesta sexta, 2. Os golpes que teriam sido aplicados pelo trio podem chegar ao montante de R$600 mil.

De acordo com o Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) da Polícia Civil (PC), eles utilizavam cartões de crédito em nome de terceiros para comprar eletrônicos. O suspeito preso nesta sexta, em Águas Claras, tem diversas passagens pela polícia e é apontado como o responsável por conseguir os dados das vítimas.

A dupla que foi presa na quinta, 1º, foi presa em flagrante quando a mulher tentava se passar por uma funcionária da Secretaria da Fazenda do Estado, enquanto o homem a aguardava na saída do banco para dar-lhe fuga.

Conduzido ao DCCP, o trio foi autuado em flagrante por associação criminosa, falsidade ideológica e falsificação de documento público e tiveram as prisões solicitadas à Justiça. Segundo a PC, as investigações vão continuar para localizar os demais integrantes da quadrilha.

Publicações relacionadas