adblock ativo

Conquista ganha órgão de combate à homofobia

Publicado quinta-feira, 25 de março de 2010 às 20:52 h | Atualizado em 25/03/2010, 20:52 | Autor: Cristiano Anunciação l Sucursal Vitória da Conquista
adblock ativo

Representantes da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH) e prefeitura de Vitória da Conquista (a 509 km de Salvador), no sudoeste baiano, inauguraram nesta quinta-feira, 25, no município, o Núcleo de Direitos Humanos de Prevenção e Combate à Homofobia. A cidade é a primeira da Bahia a receber um órgão específico de combate a discriminação contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT).

A criação do núcleo faz parte das propostas de políticas públicas debatidas na 1ª Conferência Estadual LGBT, realizada em 2008. “É um espaço de garantia dos direitos da comunidade LGBT”, disse o secretário estadual da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Nelson Pelegrino. Ele informou que outros núcleos serão inaugurados em Feira de Santana e Salvador nos próximos meses.

Para o professor e ex-vereador Adão Albuquerque, homossexual assumido, o núcleo representa um ponto de referência de luta contra o preconceito e apoio de orientação sexual. “O município ainda não tem números sistematizados sobre a violência contra homossexuais. Não existem dados nas delegacias de vítimas de crimes homofóbicos”, comentou. O espaço terá orientação jurídica e psicológica às vítimas de violações de direitos humanos.

Parada gay - A implantação do órgão vem justamente no período em que segmentos da sociedade local discutem a realização de uma parada gay em Conquista. “O núcleo vai fortalecer a bandeira de luta do movimento LGBT, que ainda não é totalmente organizado na cidade”, disse José Mário Barbosa, membro da comissão organizadora da Parada do Orgulho de Ser LGBT, que deve acontecer entre os dias 14 e 17 de abril.

adblock ativo

Publicações relacionadas