adblock ativo

Marcha do MST é retomada e causa congestionamento na BR-324

Publicado segunda-feira, 16 de março de 2015 às 07:16 h | Atualizado em 21/01/2021, 00:00 | Autor: Da Redação
Caminhada do MST rumo a Salvador
Caminhada do MST rumo a Salvador -
adblock ativo

Os cerca de seis mil trabalhadores rurais do Movimento Sem terra, (MST), na Bahia, reiniciaram na manhã desta segunda-feira, 16, a caminhada rumo a Salvador, que faz parte da Jornada Nacional de Luta pela Reforma Agrária, que reivindica, dentre outros pontos, agilidade na reforma agrária no Brasil. 

Os integrantes do MST partiram do km 597, na cidade de  Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) - próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) -, por volta das 5h, e chegaram ao bairro de Águas Claras por volta das 9h, onde permanecerão acampados até esta terça, 17.

Eles ocuparam uma das faixas da BR-324, sentido Salvador, e marcharam em fila dupla, com aproximadamente 2,5 Km de extensão. 

Por conta da caminhada, o trânsito ficou congestionado por mais de 13 km, segundo informações da concessionária ViaBahia, que administra a rodovia.

Ainda de acordo com a ViaBahia, o fluxo também apresentaou retenção no sentido contrário, por causa da curiosidade dos motoristas que pararam para ver a situação.

A expectativa é que o grupo chegue em Salvador nesta terça, 17, onde representantes do movimento vão entregar vão entregar uma pauta de reivindicações ao governo do estado e ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Eles iniciaram a passeata na última segunda, 9, em Feira de Santana (a 109 km da capital).

Imagem ilustrativa da imagem Marcha do MST é retomada e causa congestionamento na BR-324
Depois de ter dado carne para os sem-terra em 2011, o governo agora cede duas ambulâncias do estado para acompanhar a caminhada do grupo com destino a Salvador (Foto: Foto do leitor | Cidadão Repórter)
adblock ativo

Publicações relacionadas