adblock ativo

Polícia civil de Itabuna investiga morte de vaqueiro

Publicado sexta-feira, 15 de dezembro de 2006 às 12:23 h | Atualizado em 15/12/2006, 12:23 | Autor: Juscelino Souza, da sucursal Vitória da Conquista
adblock ativo

A polícia civil de Itabuna investiva a morte do vaqueiro Alexsandro Honorato Souza, de 26 anos, ocorrida no último dia 2. Na segunda-feira, 18, o delegado Nélis Aráújo vai ouvir o depoimento de Markson Monteiro Oliveira, conhecido como Marcos Gomes, filho do prefeito de Itabuna.



Ele é acusado de torturar, espancar, manter em cárcere privado e ordenar a execução do vaqueiro. O genro do prefeito, Marcos Araújo, também é acusado pelo crime, conforme informações da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itabuna).



A participação direta de Markson e Marcos foi sustentada por testemunhas que estavam na Fazenda Redenção, localizada no município de Floresta Azul, sul do Estado, no dia do crime.

adblock ativo

Publicações relacionadas