'Temos a sensação de dever cumprido', diz procuradora-geral de Justiça Norma Cavalcanti

Publicado segunda-feira, 21 de dezembro de 2020 às 14:03 h | Atualizado em 21/12/2020, 15:56 | Autor: Da Redação

O Ministério Público da Bahia (MP-BA), analisou, de março a novembro deste ano, 258.993 processos e procedimentos, no qual os números refletem aos atendimentos à sociedade.

“O Ministério Público envidou esforços em todas as suas áreas de atuação para fazer valer os direitos democráticos, a preservação da ordem e a garantia da resolução de conflitos dentro da sociedade durante todo o ano, o que exigiu da instituição e seus membros a adequação, no princípio, para um novo formato de trabalho (teletrabalho)”, ressalta a procuradora-geral de Justiça, Norma Cavalcanti.

Encerrando o ano com 260 mil análises de processos e procedimentos, o MP-BA inicia um recesso que começa nesta segunda-feira, 21, e segue até o dia 06 de janeiro.

Para a procuradora-geral, Norma Cavalcanti, que assumiu a gestão do órgão em 6 de março, a missão foi cumprida, embora em situações muito adversas ao caos instalado com o novo vírus.

“Temos a sensação do dever cumprido e nos sentimos aliviados em saber que o MP como instituição mantenedora da ordem democrática tem combatido o ilícito, regulado os conflitos sociais e sobretudo tem preservado os direitos sociais indisponíveis”, afima Cavalcanti.

Publicações relacionadas