Alexandre de Moraes é xingado em bar, segurança ouve e caso termina na delegacia

Publicado domingo, 05 de setembro de 2021 às 15:08 h | Atualizado em 05/09/2021, 15:11 | Autor: Da Redação

Seguranças do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, flagraram pessoas proferindo ofensas contra ele em um bar no Clube Pinheiros, em São Paulo, na madrugada da sexta-feira, 03. O ministro não estava no local, mas é frequentados assíduo.

Segundo o boletim de ocorrência, quatro pessoas xingaram o ministro de "advogado do PCC", "filho da puta", "careca ladrão", além de "vamos fechar o STF".

O segurança acionou a direção do estabelecimento e pediu que tomasse providências. Entretanto, momentos depois, os gritos voltaram a ser proferidos, incomodando, inclusive, a vizinhança, incluindo o ministro, que mora próximo ao local.

A Polícia Militar foi acionada e encaminhou o indivíduo identificado como o que proferiu os gritos à Delegacia.

Ele afirmou que estava no local assistindo a um jogo de futebol e havia outras pessoas xingando o ministro, mas negou que o próprio também xingara e disse que não conhecia as outras pessoas.

Publicações relacionadas