adblock ativo

Após série de assassinatos, Brasil e Paraguai firmam acordo contra o PCC

Publicado às | Atualizado em 15/10/2021, 14:45 | Autor: Da Redação
Ações serão feitas em conjunto. | Foto: Reprodução/ Ministério do Interior do Paraguai
Ações serão feitas em conjunto. | Foto: Reprodução/ Ministério do Interior do Paraguai -
adblock ativo

Após uma série de assassinatos realizados na fronteira Brasil - Paraguai, ambos os países assinaram acordo de cooperação técnica e passarão a trocar informações com o objetivo de combater o narcotráfico na região.

Segundo a Polícia Federal, um acordo entre o órgão e o Paraguai foi firmado em julho e as ações serão feitas em conjunto.

Ao menos seis pessoas morreram na região que faz fronteira entre os países somente na última semana. As policias brasileira e paraguaia afirmaram que a segurança no local foi reforçada.

“Vamos realizar controles que possivelmente vão afetar o grupo criminoso. Teremos uma linha por parte do Paraguai e uma por parte do Brasil, porque temos conhecimento de que se realizam assaltos em um país e se passa para o outro”, disse o comissário paraguaio Carlos Lopez.

Vários dos crimes tem a suspeita de participação da facção Primeiro Comando Central (PCC) e são investigados. Entre os crimes há atentados contra políticos e policiais. A conclusão é que o grupo é responsabilidade dos dois países.

adblock ativo

Publicações relacionadas