Com UTIs em colapso, prefeitos alertam para risco de falta de oxigênio

Publicado quinta-feira, 18 de março de 2021 às 14:49 h | Atualizado em 18/03/2021, 15:04 | Autor: Da Redação

A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) enviou ofício ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e ao Ministério da Saúde alertando sobre a potencial falta de oxigênio e de medicamentos para sedação de paciente intubados acometidos pela Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Nesta quinta-feira, 18, a entidade informou ao governo federal que “o aumento sem precedentes” no número de contaminados pela Covid-19 e a alta demanda por atendimento hospitalar aponta para um cenário potencialmente ainda mais trágico”.

“A União poderá reforçar a aquisição dos medicamentos e também tem prerrogativa de determinar redirecionamento de insumos e produtos. Isso poderia ser feito com a indústria metalúrgica, que também utiliza oxigênio com o mesmo grau de pureza do hospitalar, por exemplo”, destaca trecho do documento.

No começo do ano, Manaus viveu uma crise por falta de oxigênio. As mortes por Covid-19 no Amazonas registraram uma alta de 41% após o colapso causado pela falta do insumo.

 
 
 

Publicações relacionadas