adblock ativo

Homem negro é obrigado a tirar a roupa em supermercado após ser acusado de roubo

Publicado segunda-feira, 09 de agosto de 2021 às 20:32 h | Atualizado em 09/08/2021, 20:36 | Autor: Da Redação
Reprodução
Reprodução -
adblock ativo

Um homem negro de 56 anos foi obrigado a tirar a roupa em um supermercado na cidade de São Paulo, após ser acusado roubar o estabelecimento. Nas imagens gravadas pela câmera, é possível ver o cidadão chorando, desesperado, cercado de seguranças.

Ele prestou um boletim de ocorrência pelo constrangimento sofrido. Segundo informações do Correio Braziliense, a esposa do homem disse que ele tinha ido ao supermercado pesquisar os preços, por isso saiu sem comprar nada. Foi o que teria motivado os funcionários do Assaí Atacadista a o acusaram de roubo,

Em nota, o supermercado informou que o segurança envolvido no caso foi demitido da empresa, e que mantém uma política de treinamento e orientação dos funcionários com base no respeito ao "código de ética e na política de direitos humanos e de diversidade".

"O Assaí combate a violência, a intolerância e a discriminação, sejam elas de qualquer natureza, por meio de ações de conscientização, treinamento, compromissos públicos e manuais internos com orientação para os colaboradores e rede de relacionamentos, todos baseados no código de ética e na política de direitos humanos e de diversidade. No último semestre foram realizadas mais de 24 mil horas de treinamento sobre estes temas aos funcionários. A cia reitera que não tolera abordagens que fazem qualquer juízo de valor em relação à classe social, orientação sexual, raça, gênero ou qualquer outra característica", diz a nota.

adblock ativo

Publicações relacionadas