adblock ativo

Curta baiano é selecionado para o Festival de Gramado

Publicado quarta-feira, 17 de junho de 2015 às 09:37 h | Atualizado em 17/06/2015, 09:36 | Autor: Da Redação
Curta baiano Haram, de Max Gaggino.
Curta baiano Haram, de Max Gaggino. -
adblock ativo

O Festival de Cinema de Gramado só acontece entre os dias 7 e 15 de agosto, mas o evento já antecipa os selecionados de uma das competitivas de curtas-metragens.

Sob a coordenação da jornalista e crítica Ivonete Pinto, a comissão de seleção dos trabalhos, formada por Andrea Gloria, Leonardo Garcia, Marcos Petrucelli, Rodrigo Grota e Sandra Dani, se reuniu em Gramado no mês passado para conferir os 567 filmes aptos para a competição.

A maratona resultou na seleção de 15 curtas de sete estados diferentes do Brasil. Entre eles, o curta baiano Haram, de Max Gaggino.

Representante local

Produzido pela Movioca Content House, o filme de Gaggino narra a história de Salwa, uma imigrante muçulmana que fugiu da guerra na Palestina e se refugiou em solo soteropolitano junto ao marido, Farid.

Recém-chegada em Salvador e ainda se sentindo fora de lugar, Salwa conhece sua vizinha, Felicia, uma menina de dez anos que mora a poucos mestros da muçulmana, e as duas logo se envolvem em um intercâmbio cultural.

Através de conversas desinibidas, a inocente Felicia faz perguntas que qualquer adulto teria receio de fazer.

No elenco, o curta Haram conta com a participação dos atores Antonio Carlos Costa, Luciana Rodrigues, Maiane Cassemiro dos Santos e Ana Lucia Moura.

De acordo com a coordenadora da seleção, Ivonete Pinto, os curtas são o reflexo do cenário audiovisual do Brasil, e continuam representando o recorde de inscrições do Festival de Cinema de Gramado. Segundo a coordenadora, a qualidade dos filmes inscritos no Festival vem aumentando, o que torna o trabalho da comissão ainda mais difícil.

Assista ao teaser dos curtas selecionados para o Festival de Gramado:

adblock ativo

Publicações relacionadas