Caldeirão de Aço - Visitante indesejado

Bahia visita o Vila Nova nesta sexta-feira, 8

Publicado quinta-feira, 07 de julho de 2022 às 00:10 h | Atualizado em 06/07/2022, 22:17 | Autor: Leandro Silva | Jornalista | [email protected]
Caso vença, o Bahia igualará as quatro melhores sequências do clube como visitante na Série B
Caso vença, o Bahia igualará as quatro melhores sequências do clube como visitante na Série B -

No jogo desta sexta-feira, 8, contra o Vila Nova, o Bahia terá a chance de comprovar a tendência recente de ser um visitante indesejado nesta Série B, algo impensável até bem pouco atrás, quando o time tinha a melhor campanha como mandante, mas acumulava três derrotas consecutivas, quatro jogos sem vencer e convivia com as críticas. A maré virou e agora o Tricolor poderá chegar ao terceiro triunfo consecutivo fora de casa, depois de superar Operário-PR e Brusque. Caso vença, igualará as quatro melhores sequências do clube como visitante nas edições anteriores da Série B.   

A mais recente foi registrada em 2010, na campanha do primeiro acesso em campo do clube. O time treinado por Renato Gaúcho e Márcio Araújo, recordista no total de triunfos como visitante em uma mesma edição da Série B, com nove triunfos, conseguiu vencer América-RN, Ponte Preta e Sport em sequência, em Natal, Campinas e Recife.  Contra o América, Jael e Hélder fizeram os gols. Os laterais Ávine e Jancarlos marcaram no triunfo por 2 a 1 contra a Ponte. Diego Corrêa e Morais foram os goleadores do 2 a 1 contra o Sport.   

Em 2009, o time treinado por Bonamigo buscava fugir do rebaixamento e fazia uma campanha de recuperação quando conseguiu vencer os três compromissos finais como visitante na competição, contra Juventude, Ponte Preta e Atlético Goianiense. Contra o Juventude, em Caxias do Sul, Jael fez o único gol. Já contra a Ponte, em Campinas, o Esquadrão venceu por 3 a 1, com gols de Jael, Beto e Paulo Isidoro. Por fim, em Goiânia, contra o Atlético, o triunfo foi por 3 a 1, com gols de Wilson Júnior, Paulo Isidoro e Laércio.  

Um ano antes, em 2008, a melhor sequência como visitante aconteceu quando o time venceu Corinthians, Brasiliense e CRB. Vale lembrar que os pontos fora de casa naquela edição eram cruciais, já que a antiga Fonte Nova estava fechada e a reforma do Pituaço ainda não estava concluída. Com isso, o mando de campo estava sendo o Joia da Princesa, em Feira de Santana.  

O time treinado por Arturzinho iniciou aquela sequência vencendo o Corinthians com um golaço do meia Elias, que calou o Pacaembu, cobrando falta de longe para encobrir o goleiro Felipe e dar números finais ao placar. Contra o Brasiliense, o triunfo foi por 3 a 2, com gols de Ávine, Galvão e Fausto. Jobson, que vestiria a camisa tricolor três anos depois, fez um dos gols do adversário. Contra o CRB, Paulo Roberto e Elias fizeram os gols do triunfo por 2 a 1.  

Curiosamente, depois dos três jogos, a equipe ainda jogaria outras dez vezes como visitante, mas não voltaria a vencer, conseguindo apenas um empate. Ao todo, ganhou cinco vezes como visitante, pois já tinha vencido América de Natal e Criciúma.  

A primeira sequência de três triunfos fora de casa da história do clube na Série B aconteceu em 2004, quando o time treinado por Vadão derrotou Ituano, Sport e Remo. Contra o Ituano, foi um 2 a 1, com dois gols de Cícero. Contra o Sport,  1 a 0. O atacante William marcou o único gol contra o Remo, aproveitando assistência de Robert, que havia perdido um pênalti no jogo. O tento saiu quando o time jogava com um a menos, após expulsão do lateral Paulinho. 

Além do confronto de amanhã, contra o Vila Nova, o desempenho do time como visitante será testado mais duas vezes na próxima semana, contra Athletico Paranaense, pela Copa do Brasil, e Guarani, pela Série B. Que o Esquadrão siga vencendo longe de Salvador e volte ganhar também na Fonte, quando retornar para encarar o CRB no encerramento do primeiro turno.

Publicações relacionadas