O Carrasco - Pau trocado

Publicado segunda-feira, 18 de abril de 2022 às 00:01 h | Atualizado em 18/04/2022, 14:57 | Autor: Da Redação
Os bastidores do poder baiano passam por aqui
Os bastidores do poder baiano passam por aqui -

A artilharia não para, nem com mediadores entrando em campo. O clima na Câmara Municipal de Salvador parece estar mais para guerra da Ucrânia do que qualquer coisa. Segundo por lá se comenta, a briga só cessa se ambos os lados hastearem a bandeira branca e fumarem o cachimbo da paz. As armas do governo se resumiriam às ameaças judiciais como a ADPF do STF e a ação de Cláudio Tinoco, deflagrada às escondidas e sob sigilo suspeito, na Quinta Vara da Fazenda Pública da capital. Do lado da oposição, munição de calibre mais grosso. Uma delas, segundo apurou o Carrasco, já estaria nas mãos de dois vereadores e envolve interferência indevida na conclusão de uma licitação de centenas de milhões de reais, na qual a primeira colocada teria engasgado com exigências do Banco Mundial. Para não avocar o segundo colocado, a “brilhante” ideia seria cancelar o certame, que trata de mais uma etapa das obras do projeto “Novo Mané Dendê”. 

NOTÍCIA DA SEMANA - JANS

O deputado José de Arimateia (Republicanos), aliado de ACM Neto (UB) de longa data, tomou uma desfeita na semana passada. Em postagem nas redes sociais, Arimateia cravou ser o nome de Márcio Marinho o melhor para a vice de Neto. Fez até um card com Neto, João Leão e Marinho. O “jeito ACM Neto de ser” - Jans veio à tona. Ainda pré-candidato a governador, Neto deu no deputado um esporro típico de coronel que não respeita a democracia. Pior ainda. O desmentiu também pela rede social e por meio de sua assessoria de campanha. 

QGs SE PREPARAM

Com a campanha se aproximando, cada pré-candidato ao governo do estado começa a preparar seus locais de reuniões. Pelo lado de ACM Neto (UB), as deliberações políticas são tomadas no Thomé de Souza, onde seu fiel escudeiro Bruno Reis desempenha brilhante papel na articulação partidária e no escritório próximo ao monumento Cleriston Andrade, já apelidado de “Bunker Central do Clériston” - BCC, em alusão à sede do Banco Central, que se situava no prédio onde Neto hoje tem escritório político. No lado contrário, o Time de Lula tem a articulação e as decisões sensíveis tomadas no CAB e na Presidência da Câmara de Salvador, onde Rui Costa e Geraldo Junior, respectivamente, colocam a cabeça pra funcionar. Bruno, Rui e Geraldinho não deixam a execução de seus afazeres, mas a política não sai da pauta. O novo “player” da política baiana, João Roma, o candidato de Bolsonaro, tem ao seu lado mentores políticos e jurídicos de causar inveja, mas ainda não se tem noticia de onde funcionará seu quartel general, que certamente será frequentemente disputado por prefeitos e lideranças políticas do interior.

MONITORAMENTO SEMANAL

Pesquisas para consumo interno seguem a rodo. Todas elas, segundo apurou o Carrasco, que tem informantes tando no CAB quanto no “Bunker Central do Clériston” - BCC, confirmam Jerônimo Rodrigues, o pré-candidato de Lula e Rui Costa, na dianteira, quando os nomes são vinculados aos respectivos presidenciáveis. Na última e mais recente, o levantamento dividiu o estado em 14 regiões para melhor entender a intenção dos eleitores. Jerônimo Rodrigues, com o apoio de Lula, apareceria na dianteira em 13 regiões; com Neto, em candidatura independente, vencendo apenas em Feira de Santana e entorno. Quando os candidatos são apresentados sem vinculação a apoios externos, Neto ainda lideraria com folga. O problema é saber se daqui até a eleição, com a verticalização da disputa, o povo não cobrará do candidato a governador quem ele apoia e por quem ele é apoiado. 

SEM VINCULAÇÃO

Por falar em pesquisas, sempre de consumo interno, é claro, ACM Neto (UB), o “pré-candidato sem padrinho”, como ele prefere ser chamado, também teria levantamentos que, quando desvinculados dos respectivos nomes federais, lhe garantem uma frente considerável. Neto, entretanto, não quer nem saber de colocar um quesito constando os pré-candidatos a governador vinculados a seus respectivos presidenciáveis. A diferença é essa. Segundo apurado por esse Carrasco, quando o grupo de Jerônimo Rodrigues (PT) faz pesquisa, acrescenta um quesito com candidatos sem apoiamento e um quesito com apoiamento, até para ter a verdadeira noção das coisas. ACM Neto corre da vinculação como o diabo corre da cruz. A polêmica é tão grande que já se pensa até em fazer pesquisas apenas para perguntar ao eleitor se ele acha que levantamentos políticos devem ou não constar o nome dos apoiadores em âmbito federal. Pelo visto, vai ter pesquisa para saber como fazer pesquisa. 

KIKI VOLTA A CMS

O anúncio da saída de Kiki Bispo (UB) da secretaria de Esportes para reassumir o mandato como vereador, segundo colegas, mostra que Geraldo Júnior está fazendo jus ao apelido de “A Bomba de Nêutrons“. Esse armamento faz danos maiores depois da explosão, ou seja, os efeitos de sua ruptura com o governo pode está por vir. Não se sabe se a verdadeira razão da saída da secretaria é para reforçar a articulação política na Câmara ou para abrir espaços para os novos aliados que aderiram ao projeto de ACM Neto por questões “ideológicas”. A insatisfação chegou ao limite pela demora de terem suas ideologias atendidas. Toda vez que os aliados de Jerônimo Rodrigues e Geraldinho se encontram com os novatos ainda no sereno, fazem o gesto do “Luva de Pedreiro “ e dizem “receba!”, gerando, então, risadaria geral.

PRONTOS PARA OS DESAMPARADOS

Depois da romaria da Semana Santa, espera-se para essa semana o início da romaria política ao gabinete de Geraldo Júnior, principalmente por parte de vereadores e lideranças de Salvador. Isso porque já começam a pipocar notícias que obras prometidas na gestão do prefeito ACM Neto e não cumpridas até o momento começam a serem executadas pela CONDER, com a orientação do próprio presidente da Câmara, que sempre pautou seu mandato no compromisso de “CUIDAR DE GENTE”. O Líder sempre afirmava que se tivesse a oportunidade transformaria Salvador num canteiro de obras e assim está sendo feito com escadarias, encostas, quadras poliesportivas e campos de futebol. O sinal amarelo já acendeu no “Bunker Central do Clériston” - BCC, onde todos sabem da capacidade de trabalho de Geraldo Júnior.

ATÉ ONDE CHEGARÃO AS PROMESSAS

Em Salvador, vereadores e suplentes estariam caindo no canto da sereia. Tá mais para conto do vigário. Estão sendo usados para inflar partidos como o PP e PDT, com promessas de suporte financeiro. Frases de efeito como “vamos nessa, você tem chance” são as mais ouvidas. Em pouquíssimo tempo tudo ficará como antes. As promessas vão sumir. Os aportes irão desaparecer. Sabe aquela ideia de fazer um acordo para limpar o nome, pagar a primeira parcela e depois voltar para o Serasa? Bem por aí. Mais uma vez, jogadas com o Jans.

POR VOCÊ EU FAÇO TUDO

A mesma coisa tem ocorrido com os partidos. Promete tudo, exigem fotos e depois….. Depois a gente já sabe o que vai acontecer. O Solidariedade, segundo apuração do Carrasco, é um deles. Prometeram mundos e fundos, uma secretaria de pujança na prefeitura e vários cargos. Até agora, o que estaria disponível de verdade seria a primeira parcela do acordado, cujo teor do “contrato” ninguém teve acesso. É questão de tempo para comerem o fígado de Adriano Meireles e Alipinho da Doce Mel. Depois de fisgar o apoio do Solidariedade, só quem terá vez será Fabrício Pancadinha, vereador de Itabuna, que tem despontado como franco favorito na capital do Cacau, segundo levantamentos.

QUEM FALA O QUE QUER OUVE O QUE NÃO QUER

Em uma troca de farpas entre o vereador Duda Sanches e um valente parlamentar agora de oposição, o clima azedou de vez. Bob Filho mirou abaixo da cintura e disse que o colega estaria atuando para atender interesses de poderosos empresários da cidade. Recebeu o contragolpe na mesma altura. “Todos nós sabemos o que Vossa Excelência faz com aquele hortifruti no Itaigara”, teria ouvido. A apuração do Carrasco ainda não conseguiu descobrir o recado subliminar do inimigo de Bob Filho, mas já certificou que o estabelecimento, apesar de localizado numa região unicamente residencial, atende todos os requisitos da vigilância sanitária. O serviço de limpeza é perfeito. A LAVAGEM das frutas e verduras é de causar inveja. Tinha de ser não é? Afinal de contas quem paga em DINHEIRO sempre tem direito a desconto e merece tratamento vip.

QUEM TEM MEDO DO LOBO MAU, LOBO MAU, LOBO MAU

O CNJ não é nenhum lobo mau, mas não é que o tal Conselho tem deixado julgadores se pelando de medo? Na última quarta-feira, quando foi a julgamento um caso onde a AMAB queria apenas o cumprimento da lei estadual que garante vinculação salarial com os integrantes do Ministério Público, um desembargador teria dito que é melhor descumprir a lei do que contrariar o capricho monocrático de um então integrante do CNJ. O voto desse desembargador foi engolido e destruído pelos colegas e por muito pouco não tomou 54 a 1. Na ROTA que está seguindo, vai ganhar um busto de persona non grata na AMAB. Quem tem medo do CNJ não precisa de valorização salarial, foi o que mostrou a Operação Faroeste, mas para a quase totalidade da magistratura baiana, séria e honrosa, essa valorização faz toda a diferença no orçamento.

O JUDAS

Em Feira de Santana, o prefeito Colbert Martins a cada dia se abraça mais com o bolsonarismo. Bastou a presença do progressista Arcebispo Metropolitano, Dom Zanoni, na manifestação cívica do MST em frente à prefeitura, para o alcaide bolsonarista retaliar: não compareceu à missa da Catedral Matriz na sexta-feira da Paixão, assim como não permitiu a SMTT acompanhar a tradicional procissão católica no ordenamento do trânsito.

Na noite de Sábado de Aleluia só deu Colbert e Bolsonaro na queima de judas!  

CRISE NA BANCADA DO PP

Os deputados da bancada do PP estão super arrependidos em terem rompido com o governador Rui Costa, segundo fontes políticas. O arrependimento se deve ao fato de dezenas de prefeitos do partidos estarem apoiando o candidato da base governista - Jerônimo Rodrigues (PT). O descontentamento com a liderança de Leão é total. A briga interna para ter votos dos prefeitos que restarem é generalizada. Nos corredores do partido já se fala que só se elegem três deputados estaduais e dois federais.

EMENDA ADITIVADA

Com a alta do barril do petróleo, tem distribuidora e dono de rede de postos de combustíveis que não sabem o que fazer com o dinheiro. Segundo informações que chegam a este Carrasco, tem deputado estaDuAL que é do ramo, candidato a federal, que teria comprado R$ 70 milhões de emendas e que pagou R$ 5 milhões a alguns deputados federais. Com essas emendas, ele as direciona in off às prefeituras em troca de votos. Essa foi a maneira encontrada para tentar a eleição, já que recentemente mudou de partido e ganhou novo padrinho. Dizem que esse dinheiro está vindo de fundo perdido. Se a concha se abrir teremos surpresa. A PF já estaria no encalço desses sabidos. O consumidor e o eleitor agradecem! 

OS R$ 2 MILHÕES

Uma dúvida paira no ar envolvendo a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) e a Sices Brasil. Segundo o Portal da Transparência, a Sices venceu uma licitação em 2018 para fornecer equipamentos à Chesf. A licitação era no valor de R$ 413.995,11, mas na mesma página do Portal, consta que o contrato final, firmado entre a estatal e a Sices, foi atualizado para R$ 2.471.014,26. A Sices é especializada na venda de painéis fotovoltaicos e participou do pregão para o Programa Conta Zero, mantido pela estatal. O dono da empresa é investigado por suspeita de fraude de 200 milhões de reais no Banco do Brasil. As inconsistências no contrato e o histórico da Sices deixam a operação ainda mais suspeita. Por enquanto, Chesf e Sices não explicam os R$ 2 milhões. Quem sabe a PF descobre? Estamos de olho!

AUTORITARISMO OU ORGULHO?

Uma atitude para lá de impositiva, seguida de pura incompreensão, está prestes a ser tomada pelo prefeito de Brumado, Eduardo Lima Vasconcelos (Sem Partido). O  gestor tem ameaçado acabar com o tempo integral nas escolas, caso a lei facultativa que libera os alunos às 14h seja mantida. A Câmara de Vereadores criou uma norma disciplinando as diretrizes do modelo no município, entre as quais, torna o tempo integral facultativo até às 14h. Já é dito por lá que a Educação está na berlinda. 

PRA QUÊ TANTO?

A prefeitura de Santo Antônio de Jesus pretende pedir um empréstimo pra lá de rechonchudo, com o objetivo, de acordo com a gestão, de reformar a Feira Livre da cidade, bem como para melhorar a infraestrutura do município. Já foi pedida até uma audiência pública para discutir esse empréstimo, já que de acordo com alguns parlamentares, o município teria "outras demandas" prioritárias.

OLHA QUEM FALA

O prefeito de Xique-Xique, Reinaldo Braga Filho (MDB), andou acusando o governo do estado de "perseguição" a gestores municipais que não são aliados à administração estadual. Ainda teve a coragem de dizer que tem dado apoio a ações que seriam de responsabilidade do governo. Pelo que já se apurou, as ações desastrosas têm vindo do próprio município, como o cais de contenção feito para o rio não entrar na cidade, o que não adiantou muito, já que as águas das últimas chuvas invadiram as ruas e deixaram a população em desespero. Fora outras barbeiragens que estão acontecendo na atual gestão. O prefeito entende mesmo é de interdição e curatela. E com gente da família.

VENHA A NÓS

O deputado federal Felix Mendonça tinha sonhos altos para as eleições de 2022. Com a adesão do PDT ao Carlismo, sonhava com uma vaga na chapa majoritária. Porém, com o enfraquecimento da campanha presidencial de Ciro Gomes, seu sonho foi desfeito. Como consolação conseguiu um emprego de assessora especial da Prefeitura de Salvador para sua irmã - Andréa Mendonça (salário superior a R$ 23 mil), e promessa de uma secretaria ou vaga de conselheira no Tribunal de Contas. Feita a negociação com Félix Mendonça, ACM Neto está na eminência de dar a vaga de vice-governador ao seu inimigo Marcelo Nilo. A situação está gerando total insatisfação no pedetista, que diz o seguinte sobre Nilo: "Não tem partido (foi colocado de favor no Republicanos), não tem prefeitos (prometeu trazer 28 e trouxe apenas 2) e não tem votos”.

ARTILHARIA PESADA

Quanto mais perto se chega do início da campanha, mais a artilharia fica pesada. E Rui Costa (PT) continua subindo o tom contra seu principal adversário. Uma de suas últimas falas foi em relação ao BRT, em construção pela prefeitura de Salvador. O governador chamou o modal de "velho, antigo, arcaico" e acusou o município de levar oito anos para deixá-lo pronto. Atrasos por atrasos e modal por modal, o monotrilho do subúrbio segue sem previsão real de conclusão e da licitação do sistema metropolitano de ônibus, que perdeu mais uma empresa na semana passada.

TOTVS DAY 08/08/2018

A data foi decretada pela Totvs como uma terça-feira, mas na verdade foi uma quarta-feira. Desse modo, parece que a empresa pretende reescrever a história. O Carrasco teve acesso a documentos produzidas pela Totvs, que superficialmente já aparentam ser uma falsificação grosseira para lesar financeiramente um ex-cliente. A bomba já é de conhecimento de toda cúpula de executivos. Josimar Freire, do compliance; Claudia Karpat, do jurídico e Izabel Cristina, do RH. Aparentemente, esse trio se julga uma alcateia de leões na tentativa de acobertar e abafar a falsidade. Quando esse bafafá chegar no Conselho de Administração será demissão na certa.

ENQUADRADA

A enquadrada da semana é sui generis. Vai para aquele ou para qualquer um cuja carapuça lhe caia à cabeça. Na política, o conflito é de ideias. Erra quem acha que a briga sai desse campo e transcende para o pessoal. Pretensos pré-candidatos da eleição desse ano tem, sobretudo em visitas a outros estados da federação, deixado a discussão de ideias para substituí-las por ataque pessoais contra a honra de políticos, correligionários e empresários. O Carrasco, sempre atento aos princípios republicanos, sugere que o debate se firme dentro das regras. Caso contrário, o que poderá se ver é candidato desistindo de última hora, como foi em 2018. Detalhe: em 2018, não se tinha acesso a acervos documentais que são nitroglicerina pura, melhor, urânio puro. Tem até coisa do passado que não estaria enterrada em tanque de chumbo e, ainda que tivesse, não deixa de pé nenhum homem público, ainda mais de envergadura pequena, em virtude da transnacionalidade dos malfeitos. Para essas pessoas que saem da política e tentam ir para o pessoal, só lhes resta dizer “euseioquevocesfizeramnoveraopassado”. #entendedoresentenderao

Publicações relacionadas