adblock ativo

O Carrasco

Publicado segunda-feira, 15 de novembro de 2021 às 06:00 h | Atualizado em 14/11/2021, 16:31 | Autor: O Carrasco
Os bastidores do poder passam por aqui
Os bastidores do poder passam por aqui -
adblock ativo

CONFÚCIO NA ÁREA I

Quem imaginava Confúcio em casa, debaixo da cama, tomando antidepressivo depois da delação do empresário Paulo de Tarso, na CPI do Rio Grande do Norte, referente à empresa BIOGEL ENERGY, que ganhou a licitação para fornecimento de respiradores para o Consórcio Nordeste, ERROU e feio. O cara está operando em todas como se no governo ainda estivesse.

CONFÚCIO NA ÁREA II

A operação que culminou com a contratação da empresa chinesa BYD, para construção do VLT do Subúrbio, como todos sabem, teve o polegar de Confúcio. O que não se sabia era que até hoje o ex manda chuva do governo estadual tem muito mais que o dedo. Tem a mão e o braço inteiro nos negócios estatais. Expurgou a Engetec (ex Queiroz Galvão) do contrato e emplacou no seu lugar a Construtora Metha (ex OAS), prestigiando, assim, suas origens.

CONFÚCIO NA ÁREA III

Se pensavam que a cidade de Ilhéus mantinha o título de um dos berços da região cacaueira, em breve todos terão uma surpresa. Confúcio atuando na ZPE da terra de Gabriela, transformará para sempre aquela metrópole, que no futuro será lembrada e conhecida como região de PIMENTEira. Opera por lá com esse tal PIMENTEira.

CONFÚCIO NA ÁREA IV

Todos também se lembram da famosa cena do enterro de veículo que seria a pedra fundamental da implantação de uma nova indústria automotiva asiática na Bahia. Agora imaginem vocês que Confúcio, operando no governo, mesmo de fora, quer repassar para a BYG (a chinesa do VLT) as instalações abandonadas pela FORD no Polo Petroquímico de Camaçari, achando que os seus queridos olhos rasgados irão trazer para aquela localidade uma nova empresa automotiva. Negócio da China.

MV BOAS E A POLÍCIA

Todo mundo na Bahia se recorda de um lançamento imobiliário na Estrada do Côco, onde o tal empresário (que nunca teve BOAS intenções na vida) colocou nas tendas improvisadas, máquinas de vapor para refrescar os convidados. O vapor advindo da água contaminada envenenou o buffet e os visitantes do stand foram parar nos hospitais da região com severa diarreia. A Polícia Civil descobriu na semana passada, que o mesmo empresário estava vendendo unidades imobiliárias sem registro de incorporação. Que fique na memória de todos o que essa empresa e esse empresário são capaz de fazer.

FURO DIRECIONAL

O Carrasco descobriu que uma construtora mineira recém chegada na Bahia, apesar de se autointitular como referência no Programa Casa Verde e Amarela, está na verdade é muito mal DIRECIONada e mal intencionada. Tenta aprovar nos órgãos municipais, em especial na Sedur, um projeto de prédios no bairro de Valéria, se dizendo proprietária do terreno onde funcionava uma fábrica de colchões,mas que na verdade é uma área pública pertencente ao Município de Salvador. Ora ora, se na sua primeira atuação a empresa já quer fazer essa grilagem em área da prefeitura, com direito a furo DIRECIONAL, imagina o que não vai fazer com seus clientes. Muito cuidado com essa empresa.

ASSUNTO DA SEMANA

A piada pronta da vez vai para João Roma. Este, achando que chegaria a algum lugar tentando virar protótipo de candidato ao Governo, terá que se contentar com o que lhe cabe. Em pesquisa do Atlas Político, o ministro conseguiu a façanha de empatar com um vereador. Nos bastidores, os caciques da política fizeram chacota com a notícia e já atestaram a previsão feita por este Carrasco. Não adianta pagar de papagaio de pirata, porque cedo ou tarde as máscaras caem e como diz o ditado: aqui se faz, aqui se paga.

RABADA

Para quem não está acostumado, algumas situações podem vir de maneira indigesta de tão pesadas que são. Pois é este cenário que alguns Estados podem acabar vivenciando se abrirem demais as portas para uma empresa de Tecnologia e Inovação que quer chegar na Bahia. Com chamego lá pelas bandas da Paraíba e histórico de denúncias de assédio moral no Ceará, a tal multinacional metida a Company, vive se achando a boa do mercado e já fez até visitinha pra ver se vende o peixe. Aí vai um alerta aos dirigentes públicos - cuidado para não caírem em esparro!

PIZZA DE BANANA

A Petrobras não se cansa de pregar peças no país. Dessa vez, ela decidiu vender a Unidade de Industrialização de Xisto (SIX) pelo preço que compensa aos envolvidos na operação. Sem consulta ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e à Agência Nacional do Petróleo (ANP), a Petrobras entrega de bandeja a tal SIX à canadense Forbes & Manhattan Resources. Enquanto a Federação Única dos Petroleiros (FUP) e sindicatos tentam barrar o que chamam de crime contra o patrimônio, os brasileiros assistem ao feito, surpresos e à moda da casa.

COMECEM AS APOSTAS

Quem é o prefeito de uma cidade baiana que adora ir para Brasília sempre muito bem acompanhado, sendo que essa companhia não é a da sua primeira dama? Uma fonte contou a este Carrasco que ele adora viajar com uma bela moça, que sempre o espera no quarto do hotel. O que já incomoda os políticos, é que esse prefeito volta e meia envolve os colegas na saia justa ao receber ligação da esposa e afirmar que está sempre ao lado dos nobres colegas. Constrangidos e já procurados pela oficial, alguns prefeitos relataram que até mesmo num grande evento que reuniu mais de 200 deles, o cabra sumiu pra ficar com sua donzela encantada. Mas tem gente na cidade já desconfiando da traquinagem. Isso porque, quando o prefeito viaja, a jovem também dá um chá de sumiço na região. Breve esta coluna vai revelar a identidade do pegador.

THE END

Desta vez, o prefeito Colbert Martins não vai sair ileso. O jogo agora, definitivamente, virou contra ele. Acumulando problemas que envolvem denúncias nas áreas da Saúde, Educação, Transporte, além da tensa relação junto à Câmara de Vereadores, ele agora cai finalmente nas mãos do TCM. O órgão, que aponta falhas nas licitações praticadas pela gestão de Colbert, não vai deixar passar um ponto fora da linha. Para reforçar sua derrota, Colbert ainda colocou uma cereja no bolo e oficializou um contrato de R$ 510 mil para comprar caixões, enterrando de vez suas artimanhas para engabelar os órgãos públicos. Os dias do santo Colbert Martins abusando na Prefeitura de Feira já começam a ser contados.

DesCONECTA FEIRA

Mais uma vindo da combalida administração da Princesa do Sertão. O consórcio CONECTA Feira, vencedor da PPP da iluminação pública da cidade, tem como sócia uma empresa do grupo da Alumini, que esta impedida de licitar por envolvimento na Operação Lava-Jato. A primeira letra é Proteres.

O ATRASO DE SUZANA

Em Juazeiro continua o atraso de salários e a falta de atenção à Saúde do município. Desde janeiro, é uma realidade a falta de condições de trabalho dos profissionais, culminando agora com o atraso de salários. Apuramos que os funcionários não podem, sequer, fazer qualquer tipo de solicitação, temendo retaliações.

BOLSO CHEIO

A Câmara Municipal de Alagoinhas aprovou o projeto que autoriza empréstimos de R$ 49,9 milhões junto a entidades financeiras pela Prefeitura. Do total, tivemos a informação que R$ 31,9 têm destino certo para "melhorias" na cidade. A grana é alta. Resta saber se o dindin vai para o lugar certo ou se para um destino disfarçado de "tudo pelo social". Estamos de olho!

AMIGO DE TODOS

Enquanto Leo Prates se diz “amigo de todos” irrestritamente, o vereador de Salvador, Claudio Tinoco (DEM), se diz “amigo dos tricolores e rubro-negros”. Após o escândalo de arbitragem no Maracanã, Tinoco convocou em seu Twitter “vereadores, deputados e senadores da Bahia, tricolores e rubro-negros, a se unirem contra os larápios do futebol”, e prometeu dar entrada em uma “Resolução na Câmara Municipal de Salvador”, embora não tenha especificado sobre o que é essa resolução. Seria essa a “Frente Ampla pelo torcedor baiano”?

ESCORREGADINHA

Aliás, Cláudio Tinoco escorregou em sua indignação contra a arbitragem de Flamengo e Bahia na última semana. Ainda no clima de revolta que tomou a torcida tricolor, afirmou também que "o senhor André Luiz de Freitas Castro é persona non grata na Bahia". O problema é que André Luiz foi substituído um dia antes da partida e quem apitou o jogo foi Vinicius Gonçalves Dias Araújo.

MORTO VIVO

A ousadia de algumas empresas de telecomunicação tem chamado a atenção dos consumidores, que não param de somar reclamações sobre o serviço prestado. Se para oferecer o básico a empresa já não presta, imagina tentando oferecer o 5G. Ao Carrasco, clientes contaram que o 4G não funciona e que até o sinal para ligar já morreu. Prometendo a migração dos sonhos e sem ouvir o cliente, a sorte está lançada. Em meio à gigantes que cumprem seu papel, tem VIVO se fingindo de morto para garantir sua fatia no mercado.

SOL, SUNGA E CERVEJA

Por essa ninguém esperava. Não é que na semana passada o BackTrunk da Vitória foi visto, solitariamente, curtindo aquela “onda” oriunda dos opiáceos? Apesar do destaque de sua enorme barriga, o que mais chamava a atenção à beira da piscina do Yatch Clube da Bahia, era a sunga modelo asa delta, daquelas de tala bem fininha. Detalhe para a cervejinha na mão.

ENQUADRADA

A enquadrada da semana vai para as espertinhos do mercado imobiliário baiano, em especial de Salvador. Uma operação policial apura a denúncia de coisa muito errada em compra e venda de imóveis na capital do estado. Tal batida da Polícia Civil foi na quarta-feira (10), e contou com o apoio do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur). Aponta-se que pelo menos sete empresas estejam envolvidas no negócio criminoso e diverso acervo documental das empresas foi apreendido. De acordo com a Polícia Civil, que agiu em decorrência de denúncia feita pela ADEMI, os agentes policiais e os fiscais da Sedur vistoriaram as obras das 7 empresas, analisando seus alvarás e licenças, percebendo a possibilidade de propaganda enganosa, além de outros crimes que podem ocorrer na venda de imóveis sem os documentos obrigatórios. Vem cadeia por aí…

adblock ativo

Publicações relacionadas