Covid suspende visitas ao DinoVale

Publicado sábado, 20 de junho de 2020 às 06:00 h | Atualizado em 19/06/2020, 22:47 | Autor: Miriam Hermes e Redação

A interrupção provocada pela necessidade de distanciamento social não teve impacto apenas sobre os destinos turísticos mais procurados do estado, como Salvador, Porto Seguro, Morro de São Paulo e Lençóis, entre outros.

Outros destinos menos procurados, mas com planos de disputar mercado, como o município de Santa Inês, a 216 quilômetros de Salvador, terá de aguardar para ampliar a visitação de seu DinoVale.

Trata-se de uma área onde se podem apreciar réplicas de dinossauros, antes da provável colisão com um asteroide tê-los dizimado há 65 milhões de anos.

Tão logo cesse o isolamento, será possível planejar a visita ao local turístico, por meio de caminhada ao ar livre, mas o prazo depende do fim do distanciamento.

A ideia é utilizar bem a imaginação, sempre com base anterior na ciência – paleontologia – como ponto de partida para a reinvenção de espécimes, com destaque para 27 dinossauros brasileiros.

A proposta, de acordo com divulgação da prefeitura de Santa Inês, voltada para o turismo, é também produzir conhecimento através das esculturas, servindo com aprendizado didático para alunos, visitantes, entre outros grupos sociais.

Em cada um dos dinossauros há informações de como viviam, do que se alimentavam, entre outras definições. A ideia é produzir cenas similares às reais, da forma como os dinossauros habitavam, por isso as peças serão produzidas com movimento e ações.

Além de tornar-se conhecida como a morada da pré-história, Santa Inês promove um festival de cultura, mas a data de janeiro próximo ainda não está confirmada, assim como a chegada de novos dinossauros para o DinoVale.

Aviso à tigrada e aos gatos angorás (gov bem docinho). Estou saindo do Brasil o mais rápido possível (poucos dias). Não quero brigar! Quero ficar quieto, me deixem em paz, porém, não me provoquem!

Atendimento digital

Saindo da pista presencial para a digital, o Departamento de Trânsito (Detran-BA) tem comemorado a contribuição da tecnologia da informação com o objetivo de evitar as perigosas aglomerações.

O uso da internet para a obtenção do documento do carro ou da moto tem favorecido o isolamento social imposto pela pandemia da Covid-19, graças à oportunidade de tirar certificado de registro e licenciamento de veículo eletrônico (CRLV-e) pela internet.

O Detran já passou de 160 mil documentos, por meio do portal (www.sacdigital.ba.gov.br) e aplicativo SAC Digital. A maior procura partiu do interior do estado, com 99.458, superando Salvador e região metropolitana, 60.243.

Elogio à cobertura

A propósito do lançamento do especial A TARDE Municípios – Todos contra o coronavírus, o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Glademir Aroldi, comentou sobre o papel da imprensa e a iniciativa de se ampliar o diálogo com o interior. Ele ressaltou a importância fundamental dos veículos de comunicação, que cresce neste momento de pandemia, no sentido de divulgar e orientar sobre os cuidados que se deve ter no dia a dia, além de veicular dados científicos e as ações de cada governo.

– A imprensa tem o dever, a obrigação e a liberdade, acima de tudo, de mostrar as dificuldades e de levar ao conhecimento da população tudo que acontece em todos os sentidos. Fico muito feliz quando eu vejo a atuação responsável, independente, da grande maioria da imprensa brasileira e parabenizo o jornal por essa iniciativa – afirmou.

Publicações relacionadas