Após nova variante, Anvisa recomenda suspensão de voos de seis países africanos

Publicado sexta-feira, 26 de novembro de 2021 às 11:20 h | Atualizado em 26/11/2021, 11:25 | Autor: Da Redação

Em nota técnica publicada nesta sexta-feira, 26, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou ao governo a suspensão de voos de seis países africanos (África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue) por causa da identificação de nova variante do coronavírus, identificada como B.1.1.529.

"É uma variante que possui características mais agressivas e que, obviamente, requer das autoridades sanitárias mundiais medidas imediatas. É exatamente o que fizemos há poucos minutos. Já enviamos nossas notas técnicas para os ministérios da Casa Civil, Saúde, Infraestrutura e Justiça no sentido que voos vindos desses países, são países localizados no sul do continente africano, sejam temporariamente bloqueados, não venham para o Brasil", afirmou à GloboNews o diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres.

Segundo a agência, a efetivação das medidas sugeridas depende de portaria editada conjuntamente pela Casa Civil, Ministério da Saúde, Ministério da Infraestrutura e Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A variante B.1.1.529 causa preocupação, por já ter identificadas 50 mutações — algo nunca observado antes — das quais mais de 30 na proteína "spike" (a "chave" que o vírus utiliza para entrar nas células e alvo da maioria das vacinas contra a covid-19).

Publicações relacionadas