Estudo indica que vacina de Oxford tem 64% de eficácia contra variante originária na Índia

Publicado terça-feira, 15 de junho de 2021 às 16:08 h | Atualizado em 15/06/2021, 16:12 | Autor: Da Redação

A vacina produzida pelo laboratório AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford tem uma eficácia de 64% contra os sintomas da nova variante do coronavírus, que tem origem na Índia.

O estudo publicado em pré-print pela Public Health England (PHE), do Departamento de Saúde do Reino Unido, confirmou que as duas doses do imunizante apresentam efetividade de 92% contra as hospitalizações, que são casos mais agravados da doença.

Ao lado da CoronaVac, a vacina de Oxford é que vem sendo aplicada em larga escala no Brasil e é produzida em solo nacional, pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A partir de outubro, todas as doses aplicadas do imunizante serão provenientes da indústria brasileira.

"Essa evidência do mundo real mostra que a vacina contra a Covid-19 AstraZeneca proporciona um elevado nível de proteção contra a variante Delta, que é atualmente uma área crítica de preocupação dada a sua rápida transmissão", destaca o vice-presidente executivo da AstraZeneca.

Recentemente, a variante Delta foi classificada como de "preocupação" pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em maio deste ano.

Segundo informações da CNN Brasil, a variante já foi detectada em mais de 70 países e em todos os continentes do mundo.

Publicações relacionadas