adblock ativo

Israel detecta mutação da variante delta do coronavírus

Publicado às | Atualizado em 20/10/2021, 12:48 | Autor: AFP
A subvariante AY4.2 já foi identificada em vários países da Europa, mas até então não parece representar grande risco | Foto: AFP
A subvariante AY4.2 já foi identificada em vários países da Europa, mas até então não parece representar grande risco | Foto: AFP -
adblock ativo

Israel confirmou um caso de uma subvariante da cepa delta do coronavírus, já detectada em alguns países europeus, informou o ministério da Saúde.

"A variante AY4.2, detectada em vários países da Europa, foi identificada em Israel", afirma um comunicado divulgado pelo ministério.

A pessoa infectada é um menino de 11 anos que retornou ao país procedente da Europa, explicou o ministério. O caso foi identificado no aeroporto Ben Gurion de Tel Aviv. A criança foi colocada em quarentena e, até o momento, não foi detectado nenhum caso de contato. Casos da subvariante AY4.2 foram registrados no Reino Unido.

François Balloux, professor de Biologia Computacional no University College de Londres, explicou à AFP que esta subvariante é muito rara e que não parece representar o mesmo risco que outras cepas, que se revelaram muito contagiosas.

Israel está contemplando suspender as restrições ao turismo ante a queda do número de casos de covid-19.

Um plano anterior de reabertura das fronteiras não foi concretizado porque os casos de coronavírus estavam em alta por causa da variante Delta. Entre o fim de agosto e setembro, o país registrou quase 11.000 casos diários.

As autoridades iniciaram uma campanha para aplicar a terceira dose, de reforço, da vacina da Pfizer/BioNTech. Nesta quarta-feira, 20, o país registrou 1.487 novos casos de covid-19.,

adblock ativo

Publicações relacionadas