adblock ativo

Showmix rebate as acusações de Igor Kannário

Publicado domingo, 26 de abril de 2015 às 14:03 h | Atualizado em 21/01/2021, 00:00 | Autor: Da Redação
Igor Kannário
Igor Kannário -
adblock ativo

Em resposta às acusações feitas pelo cantor Igor Kannário, a assessoria de imprensa da Showmix Produções afirmou, neste domingo, 26, por meio de um email, que o pagodeiro e a produtora, ao gerenciá-lo pela segunda vez, definiram não existir um valor fixo mensal, mas um percentual como remuneração pelo serviço prestado e que, diferentemente do que o cantor afirmou, o percentual era retirado do valor líquido, após dedução dos valores de transportes para os shows e investimentos feitos.

Afirmou ainda que o cantor voltou à produtora com muitas dívidas e que, por muito tempo, as despesas foram pagas integralmente por ela. "Vale acrescentar que até novembro de 2014, todo investimento foi realizado 100% pela produtora. Nunca houve nenhum pagamento do cantor realizado diretamente para as despesas enumeradas por ele a não ser o pagamento dos músicos constituídos por ele para sua banda solo e que corresponde hoje a um percentual entre 10 e 15% do valor total do cachê", afirmou, no email.

A assessoria disse não existir perseguição para que o cantor voltasse a ser gerenciado pela produtora, visto que foi Kannário que a procurou pedindo outra oportunidade. "Um ano mais tarde, após o insucesso de sua carreira solo e insistentes pedidos do cantor, voltarmos a gerenciá-la, recebendo Kannário de volta", afirmou a assessoria.

Por fim, rebateu as acusações de que o contrato firmado pelas partes seria um "Contrato Leonino ou Draconiano": "Gostaríamos de deixa claro, ainda, que cumprimos integralmente as nossas obrigações e, se o cantor pretende 'quebrar o contrato', que arque com as consequências jurídicas, pois o contrato celebrado entre as partes é válido e eficaz, surtindo todos os efeitos no mundo jurídico, não cabendo ao mesmo sinônimo de 'Contrato Leonino ou Draconiano' pois tem direitos e deveres para ambas as partes".

adblock ativo

Publicações relacionadas