adblock ativo

Projeto leva espetáculos para pessoas com deficiência

Publicado quarta-feira, 24 de setembro de 2014 às 13:44 h | Atualizado em 24/09/2014, 13:44 | Autor: Da Redação
Peça Relato de uma guerra que (não) acabou - Bando de Teatro Olodum (2005)
Peça Relato de uma guerra que (não) acabou - Bando de Teatro Olodum (2005) -
adblock ativo

Para marcar a passagem do Dia Nacional dos Surdos, estreia nesta sexta-feira, 26, o projeto Teatro para Sentir. A primeira atração é o espetáculo "Relato de uma guerra que (não) acabou", do Bando de Teatro Olodum, que segue em cartaz até domingo, 28, no Teatro Vila Velha. A programação é aberta ao público e tem ingressos gratuitos para pessoas com deficiência.

Ao todo, são 10 sessões de duas montagens adultas e uma infantil, que contam com o recurso de audiodescrição e tradução na Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). Além de assistir às apresentações, os interessados podem realizar visitas guiadas para conhecer o palco, o cenário e os personagens. Quem não possuir deficiência auditiva ou visual também pode participar com os olhos vendados.

Além da peça de estreia, também serão encenadas a remontagem "A mulher como campo de batalha", com texto do romeno Matéi Visniec e direção de Márcio Meirelles, e "Bonde dos ratinhos", infantil escrito pelo baiano Isac Tufi com direção de Zeca de Abreu.

A programação segue até 19 de outubro. Confira no box os horários e dias das sessões.

adblock ativo

Publicações relacionadas