adblock ativo

Feira da Fraternidade encerra neste domingo com shows, brincadeiras e gastronomia

Publicado sábado, 11 de novembro de 2017 às 17:00 h | Atualizado em 21/01/2021, 00:00 | Autor: Henrique Almeida
Feira acontece no Largo da Vitória, em Salvador
Feira acontece no Largo da Vitória, em Salvador -
adblock ativo

Com a expectativa inicial de público já superada, a 36º edição da Feira da Fraternidade termina neste domingo, 12. Realizado no Largo da Vitória, o evento começou na última quinta-feira e tem por objetivo arrecadar recursos para as obras assistências da Paróquia Nossa Senhora da Vitória. Cerca de mil voluntários participam da ação.

>>Adelmário Coelho e Banda Eva são atrações da Feira da Fraternidade

O cunho social da iniciativa ajudará as três principais obras assistências que a Paróquia assume: Creche Nossa Senhora da Vitória, Centro Médico Esmeralda da Natividade e a Escola Paroquial Nossa Senhora da Vitória

Em um espaço ao ar livre, com área de 7.500 metros quadrados e cedida por uma família paroquiana para a realização do evento, famílias e casais se divertem com as atrações da feira, que reúne aula de zumba, gastronomia nacional e internacional, bazar de roupa, artesanato, programação infantil e muita música.

O ingresso custa R$ 10 e segundo o coordenador geral do Feira da Fraternidade, Pedro Cohen, pela primeira vez em todas as edições, a bilheteria foi esgotada antes do fim do evento. “Interrompemos a venda na sexta à noite. Trabalhávamos com uma meta de cerca de 20 mil pessoas nos quatro dias do evento. Esse número já foi superado”

Para o coordenador, a diversidade de atrativos ajuda no sucesso da causa “Temos atrações para toda a família, todas as classes sociais e idades. Conseguimos agregar todos os perfis na feira”

Enquanto as crianças se divertem nos brinquedos infantis, os adultos conversam e se distraem ao som de bandas que vão do samba ao rock, além de poderem passar por barracas de artes, oriental, italiana, americana, portuguesa, alemã e etc.

O professor de Geografia, Paulo Santos, 42, afirma que a ação é interessante na medida em que consegue mesclar lazer e questões sociais. “É um ótimo programa para quem vem com a família, em casal ou até mesmo sozinho, pois é possível fazer amizades. Eu vim com a minha esposa e filha, está muito bom”, diz

O casal de namorados Pedro Alcântara, 21, e Sabrina Costa, 23, destaca o ambiente agradável do local. “Aqui há pessoas de diversas idades e classes sociais. Muita música e diversão, esperamos voltar em outras edições”

Neste domingo, último dia do evento, as atrações musicais serão: Canela fina, Yasmin e Banda, Batifun, AD Santos, Araketu, Dan Valente e Banda Cheiro. Na vila infantil haverá teatro, oficina de ilustração, história, mágicos e cartunistas.

adblock ativo

Publicações relacionadas