adblock ativo

Veja os destaques de dança e exposição

Publicado sexta-feira, 06 de outubro de 2006 às 18:00 h | Atualizado em 06/10/2006, 18:00 | Autor: A Tarde On Line
adblock ativo

EXPOSIÇÃO



Instrumental

Onde: Theatro XVIII, Rua Frei Vicente, 18

Quando: de 4/10/2006 a 5/11/2006, com exceção das terças-feiras, das 15 às 21 horas. Mais Informações: (71) 3322-0018



Agudás - Os Brasileiros Do Benin

Com 12 painéis fotográficos, o antropólogo e fotógrafo Milton Guran revela como vivem os descendentes dos ex-escravos que saíram do Brasil no século XIX.

Onde: Pierre Verger, Casa do Benin, Rua Padre Agostinho Gomes, 17, Pelourinho (3241-5679)

Quando: Segunda a sexta, das 13h às 18h, mostra permanente.



Carl Brusell

O artista, que passou por diversas correntes impressionistas, cubista, expressionista e abstrata, ganha minirretrospectiva e o lançamento de um livro com 40 imagens dos seus trabalhos, organizado por César Romero.

Onde: Prova do Artista Galeria de Arte, na Rua Bartolomeu Gusmão, 13, Rio Vermelho (3245-1660).

Quando: Sexta-feira, das 9h às 18h; sábado, das 9h às 13h. Até sábado



Chambi, Verger

Um conjunto de 39 fotografias em preto e branco mostra os olhares dos dois fotógrafos sobre a cultura e as paisagens do Peru. As imagens foram feitas entre 1923 e 1946

Onde: Galeria da Fundação Pierre Verger, Rua da Misericórdia, 9, (3321-2341).

Quando: Segunda a sábado, das 10h às 19h; dom, das 10h às 15h. Até 28 de novembro.



Coletiva

A temática afra é a referência estética da mostra que reúne os artistas Justino Marinho (pigmentação sobre cartão), Guache Marques (acrílica sobre tela) e Eneida Sanches (gravuras e matrizes)

Onde: Galeria Aliança Francesa, Avenida Sete de Setembro, 401, Ladeira da Bahia

Quando: Segunda a sexta, das 8h às 20h; sáb, das 8h às 18h. Até dia 9.



Espíritoculto

O fotógrafo Christian Cravo mostra uma seleção de 50 imagens, em preto e branco, produzidas a partir de 1998 em diversas viagens que fez pelo Brasil, África, Taiti e Índia.

Onde: Paulo Darzé Galeria de Arte, Rua Dr. Chrisippo de Aguiar, 8, Corredor da Vitória (3267-0930).

Quando: Segunda a sexta, das 9h às 19h; sábado, das 9h às 13h. Até dia 31.



Estesias

Os artistas alagoanos Tchello d´Barros, Ana Glafira e Fredy Correia apresentam trabalhos de infogravura, fotografia e esculturas

Onde: Ebec Galeria de Arte, Rua Amazonas, 746, Pituba (3240-4743).

Quando: Segunda a sexta, das 9h às 19h. Até dia 15.



A Céu Aberto

Imagens do trabalho da artista plástica Aria Adair são exibidas em 24 painéis de 1m x 2,20m.

Onde: Praça do Campo Grande. Mais informações: Fundação Gregório de Mattos (3321-2032/9153-6004).

Quando: Até o final do mês.



Festa Da Boa Morte

Onde: Edifício Salvador Trade Center, Avenida Tancredo Neves, 1.632, Caminho das Árvores (3384-2003).

Quando: Diariamente, em horário comercial. Até dia 20.



Imagens Poéticas

Os curtos e intensos poemas do gaúcho Mário Quintana são traduzidos por 20 imagens do fotógrafo baiano Mário Edson e apresentados com textos da atriz Bruna Lombardi, que foi uma amiga muito querida de Quintana

Onde: Galeria Calasans Neto, no Teatro Jorge Amado, na Av. Manoel Dias da Silva, 2.177, Pituba (3355-8620).

Quando: Segunda a quinta, das 8h às 20h; sexta, sábado e domingo, das 14h às 22h. Até dia 15.



Mario Cravo Júnior Revisitado

Esculturas, fotografias e textos reunidos nessa mostra pela filha do artista, Kadi Cravo, apresentam a trajetória de Mario.

Onde: Caixa Cultural - R. Carlos Gomes, 57, Centro (3322-0219)

Quando: Segunda a domingo, das 9h às 18h. Até dia 15.



Mito e religiosidade na arte popular

Mostra reúne 200 peças do acervo de arte popular, vinculado ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), que constituem importante registro da cultura nordestina, a partir de meados do século passado. Entre os trabalhos estão peças de imaginária, ex-votos e carrancas.

Onde: Centro Cultural dos Correios - Pça. Anchieta, 20, Pelourinho (3346-8722). Quando: terça a domingo, das 10h às 19h. Até 5 de novembro.



Modos De Ver E Entender A Arte

Mostra didática que procura desenvolver a percepção, estabelecendo as diferenças entre o olhar e o ver, e os conceitos de técnica, estilo e conteúdo.

Onde: Museu de Arte da Bahia (MAB), Av. Sete de Setembro, 2.340, Corredor da Vitória (3336-5642).

Quando: Ter a dom, das 14h às 19h. Permanente.



DANÇA



Balé Folclórico Da Bahia

Alia as raízes da cultura baiana ao contemporâneo.

Onde Teatro Miguel Santana – R. Gregório de Mattos, 49, Pelourinho (3322-1962/3342-1939).

Quando: de seunda a sábado, às 20h (exceto às terças-feiras).

Quanto: R$ 20



Grito Verde

Coreografia e direção: Ivonice Satle. Com a Companhia de Dança do Amazonas. Espetáculo de dança contemporânea inspirado na poesia A Voz da Amazônia, de Antonio Tavernand. Integra a II Mostra Sesc de Artes.

Onde: Teatro Castro Alves - Pça. Dois de Julho, s/n, Campo Grande (3339-8052).

Quando: sábado, 20h.

Quanto: R$ 10 e R$ 5.



O arquivo e a missão

Com o Bahia Balet, o espetáculo faz parte da II Mostra Sesc de Artes.

Onde: Teatro Castro Alves - Pça. Dois de Julho, s/n, Campo Grande (3339-8052).

Quando: sexta-feira, às 20h.

Quanto: R$ 10 e R$ 5.



Omi Olorum

Direção: Tânia Bispo. Espetáculo de dança folclórica que recria a trajetória dos negros trazidos para ser escravos no Brasil.

Onde:Teatro de Arena do Sesc/Senac – Lg. do Pelourinho, 19 (3324-4520).

Quando: de quinta a sábado, às 19 horas.

Quanto: R$ 7

adblock ativo

Publicações relacionadas