adblock ativo

Acreditamos que retomada tende a reduzir compensações com prejuízos, diz Rachid

Publicado sexta-feira, 21 de julho de 2017 às 13:50 h | Atualizado em 19/11/2021, 08:16 | Autor: Eduardo Rodrigues e Idiana Tomazelli | Estadão Conteúdo
adblock ativo

O secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, disse nesta sexta-feira, 21, que a arrecadação federal vem se recuperando e destacou o resultado positivo das receitas em junho. Dados divulgados na quarta-feira, pelo fisco mostram que as receitas no mês passado somaram R$ 104,100 bilhões, um aumento real - já descontada a inflação - de 3% em relação ao mesmo mês de 2016 e de 6,8% na comparação com maio deste ano.

Questionado sobre o ainda fraco desempenho do recolhimento do Imposto de Renda de Pessoas Jurídicas (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) das empresas, e sobretudo do setor financeiro, Rachid disse acreditar que a retomada da economia tende a reduzir o volume de compensações das companhias que obtiveram prejuízos durante a recessão.

"E o setor financeiro estava com estimativas maiores no ano passado que forma objeto de compensação este ano. Esperamos uma trajetória ascendente no segundo semestre", completou.

adblock ativo

Publicações relacionadas