adblock ativo

Aneel aprova aumento médio de 16,4% na tarifa da Bandeirante Energia

Publicado terça-feira, 20 de outubro de 2015 às 18:12 h | Atualizado em 19/11/2021, 07:05 | Autor: Eduardo Rodrigues | Estadão Conteúdo
adblock ativo

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira, 20, a 4ª Revisão Tarifária Periódica da Bandeirante Energia, com aumento médio de 16,14% nas contas de luz. Para os consumidores ligados na alta tensão, como indústrias, a correção será de 17,09%. Já para a baixa tensão, como comércio e residências, a alta será de 15,37%.

O diretor da Aneel relator do processo, André Pepitone, explicou que o porcentual já considera o novo rateio da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) decorrente de uma liminar da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace). Como os valores antes cobertos por esse grupo de indústrias eletrointensivas agora precisam ser pagos pelos demais consumidores, esse impacto nas contas residenciais da CPFL Piratininga será de 1,41%.

As novas tarifas entram em vigor na próxima sexta-feira, 23, para 1,76 milhão de unidades consumidoras atendidas pela companhia em 28 municípios do interior do Estado de São Paulo.

As contas de luz da Bandeirante já haviam subido em média 24,9% em fevereiro deste ano, na revisão extraordinária concedida pela Aneel a todas as distribuidoras de eletricidade do País.

adblock ativo

Publicações relacionadas