Dólar tem maior alta acumulada desde 2015; aumento é de quase 30% em 2020

Publicado quarta-feira, 30 de dezembro de 2020 às 19:42 h | Atualizado em 30/12/2020, 19:46 | Autor: Da Redação

Na última sessão de 2020, os investidores domésticos avalariam a volatilidade e os reajustes de posições à medida que o ano se aproximava do fim. Com isso, a moeda americana registrou um acúmulo anual de quase 30% de ganho. O avanço do dólar em 2020, de 29,36%, é o maior ganho anual do dólar desde 2015, quando subiu 48,75%.

É também o quarto ganho anual consecutivo. A última queda foi em 2016, quando recuou 17,69%. Nesta quarta-feira, 30, o dólar fechou em leve queda após oscilar perto da linha d’água durante boa parte do pregão.

A volatilidade no último pregão de 2020 já era esperada, em função dos volumes baixos e da briga pela definição da taxa Ptax de fim de ano.

O dólar à vista fechou em queda de 0,01%, a R$ 5,1872, após oscilar entre a mínima de R$ 5,1533 e a máxima de R$ 5,2352. Por volta das 17h15, o dólar futuro para janeiro recuava 0,29%, a R$ 5,1970. O giro era de apenas R$ 10,93 bilhões, muito abaixo da média dos últimos dias.

Publicações relacionadas