adblock ativo

Fazenda: CMN aprova resolução para definir taxa efetiva de juros do Fies

Publicado quinta-feira, 25 de janeiro de 2018 às 18:16 h | Atualizado em 19/11/2021, 08:39 | Autor: Fabrício de Castro | Estadão Conteúdo
adblock ativo

O Ministério da Fazenda informou nesta quinta-feira, 25, por meio de nota, que o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou a Resolução nº 4.628, que define a taxa efetiva de juros dos empréstimos do Fies - programa de financiamento estudantil - contratados a partir do primeiro semestre de 2018.

"O CMN aprovou em reunião ordinária realizada hoje resolução para definir que a taxa efetiva de juros incidente sobre os contratos de financiamento do Fies em questão será equivalente à variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e terá capitalização anual", disse a Fazenda na nota.

O Ministério também lembrou, na nota, que o Fies/Modalidade 1 vai abarcar estudantes com renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos. Estes financiamentos terão taxa de juros real (descontada a inflação) igual a zero. Além disso, os financiamentos serão garantidos pelo novo Fundo Garantidor, o FG-Fies. "Na amortização dos financiamentos, prevê-se retenção na fonte de renda do financiado para reduzir o risco de inadimplência", informou a Pasta.

adblock ativo

Publicações relacionadas