Salvador teve a segunda cesta básica mais barata do país em agosto, aponta Dieese

Publicado quarta-feira, 08 de setembro de 2021 às 19:02 h | Atualizado em 08/09/2021, 19:47 | Autor: Da Redação

Um levantamento realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, Dieese, mostra que Salvador teve a segunda cesta básica mais barata do país em agosto.

Por outro lado, outras 13, das 17 capitais pesquisadas, sofreram alta. As maiores foram em Campo Grande (3,48%), Belo Horizonte (2,45%) e Brasília (2,10%).

A cesta mais cara é a de Porto Alegre que custa R$ 664,67 e teve alta de 1,18 % em agosto. A de Florianópolis é a segunda mais cara (R$ 659), com elevação de 0,7% no mês.

A cesta mais barata foi registrada em Aracaju, R$ 456,40. Em seguida, Salvador, R$ 485,44 e em terceiro lugar João Pessoa, R$ 490,93.

Em todas as capitais o café foi um dos principais produtos que causaram aumento nos preços. O açúcar teve alta em 16 capitais e o preço do litro do leite integral subiu em 14 capitais.

Publicações relacionadas