adblock ativo

Secretários municipais da fazenda e finanças do país se reúnem em Fórum na Bahia

Publicado às | Atualizado em 07/10/2021, 15:16 | Autor: Luciano Barreto
Encontro acontece no Wish Hotel da Bahia e reúne mais de 50 gestores do país | Foto: Shirley Stolze/AG. A TARDE
Encontro acontece no Wish Hotel da Bahia e reúne mais de 50 gestores do país | Foto: Shirley Stolze/AG. A TARDE -
adblock ativo

O Fórum Nacional dos Secretários Municipais da Fazenda e Finanças, que acontece em Salvador, nesta quinta, 7, e sexta-feira, contará com palestras e mesas temáticas, além de mais de 20 apresentações voltadas para o fortalecimento de discussões da agenda fiscal e tributária do país.

Temas como o financiamento para a educação, transporte coletivo urbano e reforma tributária, serão discutidos nos dois dias de evento, que reúne mais de 50 secretários municipais da Fazenda e Finanças, de 16 Estados da Federação e tem a realização da Prefeitura de Salvador.

Presente na mesa de abertura do Fórum, o prefeito da capital baiana, Bruno Reis, destacou a situação financeira da cidade com o impacto da pandemia. "Foi um impacto grande nas contas públicas da cidade. O nível de despesas subiu muito e por outro lado, tivemos problemas na nossa arrecadação por conta da necessidade do isolamento social. Agora, os desafios estão colocados para os gestores de finanças, e esse encontro tem o objetivo de discutir e trocar experiências sobre o que cada um está fazendo para enfrentar esse período, em um cenário como este, onde não há margens para aumento de impostos", declarou o prefeito ao A TARDE, ao lado da vice-prefeita Ana Paula Marques.

De acordo com a atual presidente do Fórum, Giovanna Victer, secretária da Fazenda de Salvador, o evento "É um encontro de dirigentes máximos das finanças públicas. A gente já vem se reunindo virtualmente durante a pandemia. Foram dois anos difíceis, cheios de desafios, principalmente na área da saúde e aqui vamos trocar experiências e unir forças para trabalhar juntos no planejamento fiscal para 2022."

Para o presidente do Instituto Nacional de Altos Estudos (Inae), Raul Veloso, o Fórum é um painel que possibilita a mostra do problema que vai além de pandemia. "É um problema que já vinha se manifestando a mais de 10 anos. E a pandemia simplesmente agravou a dificuldade financeira. A pandemia abriu a possibilidade dos governos gastarem fora do normal, por conta da situação emergencial. Passando a pandemia, nos temos que urgentemente, voltar a tratar do que é o problema principal, que é a disparada do gasto previdenciário em todas as previdências Estaduais e Municipais", explicou Velloso.

Além da secretária de finanças da cidade, Giovanna Victer, participam do Fórum o secretário executivo da Federação Nacional dos Prefeitos (FNP), Gilberto Perre; o presidente da Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais (Abrasf) e secretário da Fazenda de Aracaju, Jeferson Passos; o presidente do Inae, Raul Velloso, além de chefes de finanças de Órgãos e Secretarias de Estado do país.

adblock ativo

Publicações relacionadas