adblock ativo

Siderúrgica alemã reclama a Lula de lentidão do Ibama

Publicado quarta-feira, 06 de junho de 2007 às 12:26 h | Atualizado em 06/06/2007, 12:26 | Autor: Agencia Estado
adblock ativo

O presidente do Conselho Executivo da ThyssenKrupp Steel AG, Karl-Ulrich Köhler, queixou-se hoje ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva da lentidão do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em aprovar licença ambiental para o funcionamento da siderúrgica que está sendo construída pelo grupo alemão no Rio de Janeiro.

Segundo o executivo, a siderúrgica opera nos mais altos padrões europeus em termos ambientais e, portanto, tem como atender as exigências brasileiras também. A empresa afirma que está investindo ? 3 bilhões em sua nova usina e que entre empregos diretos e indiretos irá gerar 18 mil postos de trabalho. Köhler disse que Lula afirmou que acompanhará o problema.

adblock ativo

Publicações relacionadas