adblock ativo

Especialista defende uma reformulação do sistema tributário

Publicado domingo, 15 de janeiro de 2017 às 10:16 h | Atualizado em 15/01/2017, 10:11 | Autor: Gilson Jorge
Alban ressalta necessidade de uma reforma tributária
Alban ressalta necessidade de uma reforma tributária -
adblock ativo

Sócio da Nelson Wilians & Advogados Associados, Gil Vicente Gama defende uma restruturação do sistema tributário e critica alguns impostos. “O FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), por exemplo, foi pensado para beneficiar o trabalhador, mas acaba sendo desviado para financiar obras”, afirma Gama. Ele elogiou, porém, a liberação dos saldos das contas inativas.

“Isso deveria ser feito a cada cinco anos”, afirma o advogado, que defende ainda a uniformidade das alíquotas de Imposto Sobre Serviços (ISS). “Municipios vizinhos estabelecem alíquotas distintas, o que acaba causando distorções”, afirma o especialista.

Reforma tributária

A FIEB defende uma reforma tributária que desonere investimentos e exportações; unifique as características dos diversos tributos sobre circulação de bens e serviços (IPI, PIS/Pasep, Cofins, ICMS, ISS, Cide-Combustíveis); unifique as contribuições sociais da seguridade, (Cofins, PIS/Pasep) em uma única contribuição sobre o valor adicionado (Imposto sobre Valor Adicionado Federal – IVA); e elimine a cumulatividade de impostos.

“Defendemos uma reforma que simplifique e atualize a tributação sobre a renda; e avance na simplificação e desburocratização”, diz Alban.

adblock ativo

Publicações relacionadas