adblock ativo

Após caso de doping, luta entre Canelo e GGG é oficialmente cancelada

Publicado terça-feira, 03 de abril de 2018 às 18:11 h | Atualizado em 19/11/2021, 08:46 | Autor: Estadão Conteúdo
adblock ativo

Um mês após o anúncio do caso de doping do mexicano Saúl "Canelo" Álvarez, foi oficialmente cancelada a aguardada revanche contra o casaque Gennady Gennadyevich Golovkin (GGG), atual campeão mundial dos médios. O confronto estava marcado para 5 de maio em Las Vegas, nos Estados Unidos.

O confronto era muito aguardado porque a primeira luta, de alto nível, acabou empatada, em setembro do ano passado. No entanto, o novo duelo estava sob ameaçada desde o início de março, quando Canelo testou positivo em exame antidoping.

O astro mexicano foi flagrado duas vezes com a substância proibida clenbuterol em exame realizado no fim de fevereiro, mas divulgado somente em março. A Golden Boy, a empresa promotora de peso médio, informara que o teste coincide com a contaminação da carne que afetou dezenas de atletas no México e na China nos últimos anos.

Canelo foi suspenso de forma provisória pela Comissão Atlética do Estado de Nevada, que ainda julgará o mexicano de forma definitiva. Ele corre o risco de ser afastado dos ringues por até dois anos. O mexicano vai se apresentar à comissão no dia 18 de abril para se defender no caso de doping.

O empresário de GGG informou nesta terça que o boxeador do Casaquistão manteve os planos de lutar no dia 5 de maio. Sem poder enfrentar Canelo, GGG agora busca por um novo adversário.

adblock ativo

Publicações relacionadas