Coronavírus: ministra japonesa fala de possível adiamento das Olimpíadas de Tóquio

Publicado terça-feira, 03 de março de 2020 às 10:56 h | Atualizado em 03/03/2020, 11:07 | Autor: Da Redação

Apesar do Comitê Organizador da Olímpiada de Tóquio reafirmar a data prevista para a realização dos Jogos, como início em julho, a ministra das Olimpíadas no Japão e ex-patinadora, Seiko Hashimoto, admitiu a possibilidade de um adiamento da competição em alguns meses por conta do alerta ao surto de Coronavírus no país.

A ministra interpreta que o Comitê Olímpico Internacional (COI) tem o direito de cancelar os jogos somente se eles não ocorrerem dentro deste ano. O que daria a possibilidade de adiar a competição, sendo ele realizado ainda em 2020, segundo informações do Globo Esporte.

Ainda segundo o site, o presidente do COI, Thomas Bach, garante a intenção de realizar os jogos nas datas previstas e que o planejamento segue sem alterações. Hashimoto, por outro lado, afirmou que o governo japonês tem se esforçado para cumprir o planejamento .

No Japão, o número de casos por infecção do coronavírus chegou a 274. Até o momento, seis mortes foram confirmadas no país.

Publicações relacionadas