Eriksen diz estar 'feliz de voltar' à seleção dinamarquesa

O meia volta a campo move meses após sofrer uma parada cardiorrespiratória na Eurocopa

Publicado quinta-feira, 24 de março de 2022 às 17:11 h | Atualizado em 24/03/2022, 17:47 | Autor: AFP
Recuperado da Covid-19, meio-campista está liberado para fazer seu retorno já no próximo sábado, 26, contra a Holanda
Recuperado da Covid-19, meio-campista está liberado para fazer seu retorno já no próximo sábado, 26, contra a Holanda -

O meio-campista Christian Eriksen está "feliz e contente de voltar" à seleção da Dinamarca, nove meses depois de sofrer uma parada cardíaca durante o jogo da equipe de seu país na última Eurocopa.

"Estou muito feliz e contente de voltar à seleção novamente. Fazia muito tempo, assim que estou encantado de retornar", disse Eriksen nesta quinta-feira, 24, durante entrevista coletiva em Marbella, no sul da Espanha, onde está concentrado com a Dinamarca.

>>Acompanhe as principais noticias do mundo do esporte

Eriksen assustou o mundo do futebol no dia 12 de junho do ano passado, quando desabou inconsciente no gramado, após uma parada cardíaca, durante o duelo da fase de grupos da Eurocopa contra a Finlândia.

O jogador foi reanimado em um atendimento de urgência em pleno campo de jogo, diante dos olhares incrédulos de jogadores, torcedores e milhões de telespectadores. Desde então, o atleta de 30 anos vive com um desfibrilador interno.

"Tive sorte com os médicos e o diagnóstico. Está tudo bem para voltar a jogar e isso me motiva ainda mais para retomar minha antiga vida", acrescentou o dinamarquês, que atualmente defende o Brentford, da Inglaterra.

"Eu não teria me apresentado aqui ontem se não soubesse que sou capaz de voltar sem que nada ruim aconteça", insistiu o meia.

Para o técnico da seleção nórdica, Kasper Hjulmand, "é uma grande sensação" ter Eriksen de volta ao time. "Estamos muito felizes de tê-lo aqui [...] Foi um grande momento quando ele se juntou ontem ao grupo", ressaltou.

Eriksen, que tem 39 gols em 109 partidas com a seleção, retorna à equipe dinamarquesa que brilhou em sua homenagem durante a Eurocopa, chegando às semifinais, e que já está classificada para a Copa do Mundo do Catar.

Hjulmand afirmou na quarta-feira que "o mais provável é que [Eriksen] comece no banco contra a Holanda, e depois veremos como vai ser em Amsterdã. Mas ele estará 100% disponível para voltar em casa" contra a Sérvia.

A Dinamarca enfrentará a Holanda fora de casa no sábado, em jogo amistoso, e depois receberá a Sérvia em outro duelo preparatório na terça-feira, em Copenhague.

Publicações relacionadas