Erkisen pode retornar à seleção da Dinamarca em amistoso

O meia está longe dos gramados por nove meses depois de sofrer uma parada cardiorrespiratória

Publicado quarta-feira, 23 de março de 2022 às 17:41 h | Atualizado em 23/03/2022, 17:41 | Autor: AFP
No fim de semana, o meia testou positivo para o coronavírus e teve sua volta ameaçada
No fim de semana, o meia testou positivo para o coronavírus e teve sua volta ameaçada -

Recuperado da Covid-19, o meia Christian Eriksen poderá retornar à seleção dinamarquesa no próximo sábado, anunciou nesta quarta-feira o treinador da equipe, Kasper Hjulmand.

Nove meses depois de sofrer uma parada cardiorrespiratória, Eriksen foi convocado na semana passada para dois amistosos, contra a Holanda no sábado, em Amsterdã, e contra a Sérvia, no dia 29 de março, em Copenhague.

>>Acompanhe as principais noticias do mundo do esporte

No fim de semana, o meia testou positivo para Covid-19 e teve sua volta à seleção ameaçada.

“O mais provável é que ele comece no banco contra a Holanda, mas já estará 100% disponível contra a Sérvia”, disse Hjulmand em entrevista coletiva.

Eriksen, que atualmente joga pelo Brentford da Inglaterra, sai do isolamento hoje para se juntar ao elenco da Dinamarca, que está concentrado na Espanha, e começa a treinar a partir de amanhã, confirmou a Federação Dinamarquesa de Futebol à AFP.

O jogador, de 30 anos, vive com o desfibrilador desde que sofreu a parada cardíaca, no dia 12 de junho do ano passado, durante a partida entre Dinamarca e Finlândia pela Eurocopa.

Eriksen tem 109 jogos e 36 gols pela seleção dinamarquesa, que depois da saída do meia chegou às semifinais da Euro e se classificou para a Copa do Mundo de 2022. 

Publicações relacionadas