adblock ativo

Bahia encara César Vallejo para buscar vaga na Sul-Americana

Publicado quarta-feira, 15 de outubro de 2014 às 07:30 h | Atualizado em 14/10/2014, 20:03 | Autor: Tiago Lemos
Titi_treino Bahia
Titi_treino Bahia -
adblock ativo

A estrada do Bahia está cheia de obstáculos nesta temporada. Três dias após a derrota para a Chapecoense, que colocou o tricolor na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o time azul, vermelho e branco mantém concentração total lá em Trujillo, no Peru, para o jogo desta quarta-feira, 15, às 22h, contra o Universidad César Vallejo, que vale vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana.

Como venceu o jogo de ida, na Arena Fonte Nova, por 2 a 0, o Esquadrão pode perder por um gol de diferença que estará classificado para a próxima fase. Uma vitória dos gringos pelo mesmo placar de Salvador leva o jogo para os pênaltis. Se o Bahia balançar as redes do Estádio Mansiche, poderá ser derrotado por dois gols de vantagem que passará às quartas.

A classificação será fundamental para dar fôlego ao time comandado por Gilson Kleina, que vem de duas derrotas na Série A e precisa vencer o poderoso São Paulo, neste sábado, no Morumbi, para buscar a saída do Z-4 do Brasileirão.

A equipe terá algumas novidades em relação ao time que perdeu para a Chapecoense. Os titulares Demerson, Guilherme Santos e Rafael Miranda ficaram em Salvador, ao lado de Diego Macedo e Lincoln, focados nos treinos para enfrentar o São Paulo.

Com isso, Titi entra na zaga, Pará será o escolhido para a lateral esquerda e Fahel e Léo Gago devem ser escalados no setor de meio-campo.

Titulares contra a Chapecoense, Emanuel Biancucchi e Marcos Aurélio brigam por uma vaga na armação. No ataque, Rafinha entra ao lado de Kieza. Com isso, Henrique será opção para o banco de reservas.

Já o César Vallejo terá quatro desfalques para a partida: Emiliano Ciucci, Pedro Requena, Jesús Álvarez e Branco Serrano.

"Classificar não será fácil. A questão não é o desespero, a ansiedade. O relógio será o nosso pior inimigo, mas temos que jogar com confiança", diz o goleiro Solomón Libman, um dos líderes do time.

adblock ativo

Publicações relacionadas