adblock ativo

Bahia encara o Fla para ficar entre os dez melhores

Publicado quarta-feira, 03 de outubro de 2012 às 20:47 h | Atualizado em 03/10/2012, 20:51 | Autor: Da Redação
Bahia-e-Flamengo
Bahia-e-Flamengo -
adblock ativo

Desde o mês de maio, quando a Série A do Campeonato Brasileiro começou, o Bahia não sabe o que é figurar entre os dez primeiros colocados do certame: o máximo a que o tricolor já chegou foi a 11ª colocação, quando do término da primeira rodada.

Para quebrar este tabu, o Esquadrão, que ostenta o título simbólico de melhor time do segundo turno, vai a campo às 21h desta quinta-feira, 4, no Engenhão, para encarar o Flamengo.

Colados na tabela de classificação com 34 pontos ganhos ambos, os times baiano e carioca somente não dividem a mesma posição por causa do número de vitórias: o time da Gávea, 11º colocado, venceu nove vezes; o Bahia está uma posição abaixo, com um triunfo a menos.

Para a partida, o técnico Jorginho terá como maior baixa a ausência do atacante Souza, ainda em recuperação de lesão muscular. Em relação ao time que atuou contra o Botafogo, o treinador faz mistério e diz ter ainda uma dúvida: cogita a possibilidade de lançar mão do meia Caio como titular. Pelo lado do Fla, Ramon e Vagner Love, suspensos, não jogam. A única dúvida do time está entre Renato Abreu e Amaral.

Além de Flamengo x Bahia, a quinta-feira que abre a 28ª rodada do Brasileirão tem ainda os duelos Portuguesa x Sport e Coritiba x Ponte Preta. Os demais jogos serão disputados no sábado, 6.

Flamengo - Sem poder contar com o lateral-esquerdo Ramon e com o atacante Vagner Love, ambos suspensos, o técnico Dorival Júnior deverá lançar mão de Magal e de Hernane, respectivamente.

Preocupado com a velocidade do Bahia, o técnico do rubro-negro carioca manifestou durante a semana uma dúvida na escalação: está dividido entre promover a volta de Renato, que retorna de contusão, ou manter Amaral no setor de meio campo.

Se optar por Renato, Ibson deixaria a função de meia e passaria a atuar como volante. Se Amaral for mantido no time, Léo Moura e Ibson seguirão com a função de armar as jogadas de ataque.

Dono de uma campanha apenas mediana no torneio nacional, o Flamengo já venceu nove partidas, empatou sete e perdeu 11 - um aproveitamento de 42%.

Bahia - Enquanto segue sem poder contar com o atacante Souza, ainda afastado por causa de um cansaço muscular, o técnico Jorginho terá a oportunidade de repetir a mesma formação que utilizou no jogo de domingo, 30, contra o Botafogo.

Entretanto, o treinador prefere o clima de mistério: além de não confirmar a equipe titular, revelou que decidirá de última hora se lançará mão do meia Caio. Embora admita a possibilidade de entrada do meia, o comandante tricolor despista sobre quem seria o jogador a sair do time.

É sabido, porém, que, no treino da última quarta-feira, 3, Caio figurou entre os titulares no lugar de Elias, que fora poupado por causa de um cansaço muscular. Segundo Jorginho, Caio pode entrar em lugar do atacante ou de um dos três volantes. O restante do time deverá ser o mesmo que enfrentou o alvinegro carioca.

Bem próximo de ficar entre os dez melhores do Brasileirão pela primeira vez, o time baiano tem 42% de aproveitamento: em 27 jogos, venceu oito, empatou dez e perdeu nove.

adblock ativo

Publicações relacionadas