adblock ativo

Confiante, Cristóvão quer Bahia "na briga" contra o Cruzeiro

Publicado sexta-feira, 29 de novembro de 2013 às 16:09 h | Atualizado em 29/11/2013, 16:09 | Autor: Da Redação
Cristóvão Borges, técnico do Bahia
Cristóvão Borges, técnico do Bahia -
adblock ativo

Restando apenas dois jogos para o fim do Campeonato Brasileiro, o Bahia ocupa a 13ª posição, com 45 pontos, somente três a mais que o Coritiba, que abre a zona de rebaixamento. Um eventual triunfo na próxima rodada garante o time na Série A em 2014. No entanto, a tarefa não é nada simples: o Esquadrão encara o Cruzeiro, no Mineirão, na partida festiva pelo título já conquistado pela equipe celeste.

No entanto, o técnico Cristóvão Borges segue confiante em um resultado positivo fora de casa e garantiu que o time está preparado para o confronto.

"Eu sou confiante e acredito muito naquilo que eu faço. E isso se deve ao que eles (os jogadores) já mostraram para mim. Nesse campeonato já tivemos missões duríssimas e tivemos bons resultados. Sabemos o que vamos encontrar, a barra é pesada, mas a gente tem condição de aguentar", declarou.

Sobre o fato do Cruzeiro já ter conquistado o título e jogar com certo "desleixo" contra o Bahia, Cristóvão refutou a ideia e disse que o fato não deve acontecer. Na visão do treinador, Se o time mineiro não necessita do triunfo para almejar posição diferente no campeonato, o fato de receber as premiações pelo título e se despedir do Mineirão com uma boa atuação pode motivar os jogadores.

"Jogar precisando vencer para ser campeão é diferente de jogar já como campeão. Só que por outro lado, é o ultimo jogo deles no Mineirão, o jogo que o time vai receber a taça. Como a equipe é de alto nível, qualquer maneira que aconteça o jogo, a gente sabe que é pedreira. A gente está preparado. E vamos lá para briga", garantiu Cristóvão.

O duelo entre Cruzeiro e Bahia está marcado para o próximo domingo, 1º, às 16h (horário de Salvador). Uma festa está programada nas ruas de Belo Horizonte para logo após a partida, com o cantor Alexandre Peixe e o trio elétrico do grupo Asa de Águia, para celebrar o tricampeonato da equipe celeste.

adblock ativo

Publicações relacionadas